domingo, 2 de julho de 2017

EFEMÉRIDES do dia 1 de julho


Dia da Força Aérea Portuguesa, Dia das Bibliotecas e Dia da Região e das Comunidades Madeirenses

De entre os santos do dia destaque para São Gallo (Clermont, Auvergne, França, 489 d. C. - 1 de julho de 554 d. C.). Gallo filho de pais nobres e ricos descendentes de família tradicional da Corte francesa. Na sua época era costume os pais combinarem os matrimónios dos filhos com outras famílias da mesma classe social. Por isto, ele estava predestinado a se casar com uma jovem donzela de nobre estirpe. No entanto Gallo desde criança já havia dedicado a sua alma à vida espiritual. Para não ter de obedecer à tradição social, ele fugiu de casa, refugiando-se no convento de Cournou. Ele era tão dedicado às cerimónias da Santa Missa que se especializou nos cânticos. Contam os escritos que, além do talento para a música, era também dotado de uma voz maravilhosa que encantava e atraía fiéis para ouvi-lo cantar no coro do convento. A sua actuação religiosa fez dele uma pessoa querida, tendo sido designado para actuar na corte de Teodorico I, rei da Austrásia, actual Bélgica e França, que o quis conhecer e o faz diácono. Em 527, quando morreu o bispo Quinciano, Gallo era tão querido e respeitado que o povo o elegeu para ocupar o posto. Entre as suas virtudes de humildade, caridade paternal destacava-se a sua paciência verdadeiramente admirável. Ele dizia que a paciência para com o próximo é uma das virtudes mais importantes e necessário para se ter a compaixão. Se não bastasse sua humildade, piedade e caridade, para atender às necessidades do seu rebanho Gallo protagonizou vários prodígios ainda em vida. Salvou a sua cidade de um pavoroso incêndio que ameaçava transformar em cinzas todas as construções locais assim como de um terramoto e livrou os habitantes de morrerem vítimas de uma peste que assolava a região. Gallo morreu em 1 de julho de 554, causando forte comoção na população, que logo começou a invocá-lo como santo nas horas de dor e necessidade. Foi um exemplo de resignação e após a sua morte o seu túmulo tornou-se num local de peregrinação e vários milagres lhe foram atribuídos. São Gallo com o passar dos séculos foi incluído no Livro dos Santos da Igreja de Roma, cuja festa litúrgica é por isso comemorado no dia da sua morte.
 





Em Portugal


1867 - Há 150 anos é abolida a pena de morte em Portugal para crimes civis (Lei de 1 de julho de 1867), excepto por traição durante tempo de guerra. Aconteceu no reinado de D. Maria II e a proposta partiu do ministro da Justiça Barjona de Freitas, sendo submetida à discussão na Câmara dos Deputados, onde teve oposição por parte do deputado Manuel Carvalho. De referir que os últimos condenados à morte oficialmente em Portugal, foram Diogo Alves, ou o "Pancada", em 19 de fevereiro de 1841, pela morte de mais de 70 pessoas incluindo as vítimas do Aqueduto das Águas Livres de Lisboa e José António Domingues, em 24 de novembro de 1845, pela morte de 3 pessoas em Tavira.



1882 - É inaugurada a rede telefónica da cidade do Porto pela Edison Gower Bell Telephone Company com 19 assinantes. A Baixa da cidade por ser um polo de atracção do comércio e das profissões liberais, foi o local escolhido para a instalação das primeiras estações que seria: na Alfândega e Central da Ferreira Borges.

1906 - José Holtreman Roquette, ou José de Alvalade, fundava o Sporting Clube de Portugal. As origens remontam a 1902, quando foi criado o Sport Club de Belas, e ao ano de 1904, ao aparecimento do Campo Grande Football Club.

1920 - Nasce Amália da Piedade Rodrigues (Lisboa, Portugal, 1 de julho de 1920 - Lisboa, Portugal, 6 de outubro de 1999). Foi uma fadista, cantora e actriz portuguesa, geralmente aclamada como "a voz de Portugal". Tornou-se conhecida mundialmente como a "Rainha do Fado" e, por consequência, devido ao simbolismo que este género musical tem na cultura portuguesa, foi considerada por muitos como uma das suas melhores embaixadoras no mundo. Amália Rodrigues representou Portugal em todo o mundo, de Lisboa ao Rio de Janeiro, de Nova Iorque a Roma, de Tóquio à União Soviética, do México a Londres, de Madrid a Paris (onde actuou tantas vezes no prestigiadíssimo Olympia). Propagou a cultura portuguesa, a língua portuguesa e o fado. Está sepultada no Panteão Nacional, entre os portugueses ilustres.


 
1922 - É inaugurado o Teatro Maria Vitória no Parque Mayer, em instalações de madeira provisórias. Quinze dias depois da inauguração do recinto do Parque Mayer. Nesse dia de sábado subiu o pano com a revista "Lua Nova", da autoria de Ernesto Rodrigues, Henrique Roldão, Félix Bermudes e João Bastos, com números músicas assinados pelo maestro Raul Portela e direcção musical do maestro Alves Coelho, com os actores Elisa Santos, Amélia Perry, Jorge Roldão e Joaquim de Oliveira. Foi e continua a ser o único teatro resistente no Parque Mayer a manter a tradição da Revista à Portuguesa, graças à persistência e empenho do empresário Hélder Freire Costa, há 42 anos como seu empresário e de toda a sua equipa. Este teatro é considerado o Templo da Revista e está hoje de Parabéns pelos seus 95 anos.



1925 - António Maria da Silva torna-se presidente do Ministério (primeiro ministro) de Portugal, em substituição de Vitorino Guimarães.
 
1926 - É assinado o Acordo anglo-português sobre a zona fronteiriça de Angola com o Sudeste africano.
 
1944 - Nasce Fernando José Salgueiro Maia (Castelo de Vide, Portugal, 1 de julho de 1944 - Lisboa, Portugal, 4 de abril de 1992). Virá a ser um militar português e um dos capitães do Exército Português que liderou as forças revolucionárias durante a Revolução de 25 de abril de 1974, que marcou o final da ditadura. Depois da revolução, virá a licenciar-se em Ciências Políticas e Sociais, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, em Lisboa. A 24 de setembro de 1983 recebe a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, e, a título póstumo, o grau de Grande-Oficial da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, a 28 de junho de 1992, e em 2007 a Medalha de Ouro de Santarém. Volta a ser agraciado a título póstumo, pelo Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, a 30 de junho de 2016, véspera do dia em que completaria 72 anos de vida.

 
 
1952 - Constituição da Força Aérea Portuguesa (FAP). As suas origens remontam a 1912, altura em que começaram a ser constituídas as aviações do Exército e da Marinha em Portugal. Nesta data, as aviações do Exército (Aeronáutica Militar) e da Marinha (Aviação Naval) foram fundidas num ramo independente denominado Força Aérea Portuguesa (FAP).

1954 - Fundação da Federação Portuguesa de Badminton.
 
1955 - Primeiro grande acidente na história da aviação portuguesa. Oito aviões a jacto da FAP despenham-se na Serra do Carvalho, a 12 quilómetros de Poiares. Naquele dia, doze aviões F-84 Thunderjet, comandados pelo capitão Rangel de Lima, dirigiam-se em formação para a Base Aérea da Ota, para participar nas comemorações do 3º aniversário da FAP, quando pelas 10 horas da manhã o desastre aconteceu perdendo-se 8 aeronaves incluindo os seus pilotos.



1970 - A Polícia de Viação e Trânsito portuguesa é substituída pela Brigada de Trânsito da GNR.

1976 - São extintas as Casas de Câmbio. A actividade passa a ser desenvolvida pelas instituições de crédito nacionalizadas.

1976 - A ilha da Madeira, torna-se Região Autónoma, pela Constituição Portuguesa de 1976. A Região é dotada de autonomia política e administrativa através do Estatuto Político Administrativo da Região Autónoma da Madeira, previsto na Constituição da República Portuguesa. A Região Autónoma da Madeira faz parte integral da União Europeia com o estatuto de região ultraperiférica do território da União, conforme estabelecido no artigo 299º-2 do Tratado da União Europeia.

 
 
1981 - Morre o escritor português Carlos Alberto Serra de Oliveira (Belém do Pará, Brasil, 10 de agosto de 1921 - Lisboa, Portugal. 1 de julho de 1981), aos 60 anos. Foi um escritor e poeta português. nome essencial do neo-realismo, foi autor de "Turismo" (1943), "Casa na Duna" (1943), "Uma Abelha na Chuva" (1953), "Finisterra"(1978) entre muitos outros títulos de romances, antologias, crónicas e poesia.
 
1986 - Lançamento do Cartão Jovem e Portugal foi um dos países fundadores. Com o objectivo de proporcionar aos jovens dos 12 aos 29 anos (inclusive), um conjunto de vantagens tais como descontos, reduções, isenções ou serviços exclusivos, prestados por empresas públicas ou privadas, autarquias, associações, entre outros.

1995 - Morre o actor português Henrique Júlio Martins Santana, (Lisboa, Portugal, 7 de maio de 1924 - Lisboa, Portugal, 1 de julho de 1995), aos 71 anos. Foi um actor, produtor, encenador e escritor português. Era filho do actor Vasco Santana e de sua primeira mulher Arminda Martins. Foi casado com a também actriz Maria Helena Matos. Fez rádio, cinema, televisão e teatro em 1993, tendo sido homenageado pelos seus colegas no Teatro Maria Vitória e pela Companhia do Teatro Animação de Setúbal que repôs " O Gato", que foi não só um dos seus grandes êxitos como actor, mas também como autor-encenador. Em 1994 foi agraciado com a Ordem de Santiago da Espada.
 

 
2006 - Morre a fadista Márcia Condessa (Monção, Portugal, 28 de setembro de 1916 - Lisboa, Portugal, 1 de julho de 2006), aos 90 anos. Foi uma afamada fadista portuguesa e em 1938, no Concurso da Primavera do jornal Canção do Sul, abraçou a carreira de fadista como sua profissão. Estabeleceu-se na Praça da Alegria em Lisboa com a casa de fados "Maria Condessa". Márcia Condessa fez também actuações no estrangeiro. Durante 8 meses esteve no Brasil, integrada numa companhia de teatro. Foi condecorada com a medalha de mérito pela câmara municipal de Monção.

2006 - O documentário da RTP "Ei-los Que Partem -- A Sangria da Pátria", de Fernanda Bizarro, vence o 2º Prémio de Documentário do Festival de Televisão de Monte Carlo.

2007 - Portugal assume a presidência semestral da União Europeia. O ministro alemão das Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, passa a presidência da UE ao seu colega de pasta de Portugal, Luís Amado.








No Mundo

 
1097 - Há 920 anos acontece a Batalha de Dorileia na Primeira Cruzada. Batalha ocorrida nas proximidades da cidade de Dorileia (Dorylaeum em latim), perto da atual Eskişehir, na Anatólia, onde as forças cruzadas foram emboscadas pelos turcos seljúcidas e danismendidas, mas acabariam por sair vitoriosas.
 
 
 
1481 - Nasce Cristiano II (Nyborg, actual Dinamarca, 1 de julho de 1481 - Kalundborg, actual Dinamarca, 25 de janeiro de 1559), conhecido na Suécia como Cristiano, o Tirano, foi o Rei da Dinamarca e Noruega de 1513 até ser deposto em 1523, e também Rei da Suécia entre 1520 e 1521. Era o filho mais velho do rei João, ascendendo ao trono após a sua morte. Ele foi deposto na Dinamarca e Noruega pelo seu tio Frederico, enquanto que na Suécia pelo nobre Gustavo Vasa.
 
1788 - Nasce Jean-Victor Poncelet, (Metz, França,1 de julho de 1788 - Paris, França, 22 de dezembro de 1867). Virá a se um matemático e engenheiro francês. Estudou na Escola Politécnica de Metz e foi professor de matemática. Fez parte do exército de Napoleão que lutou em 1812 contra a Rússia, tendo acabado por ficar prisioneiro durante dezoito meses. A sua principal obra foi "Tratado das propriedades projetivas das figuras", publicada em 1822.
 


1804 - Nasce Amandine Aurore Lucile Dupin, (Paris, França, 1 de Julho de 1804 - Nohant-Vic, França, 8 de Junho de 1876). Virá a ser aclamada romancista e memorialista francesa, considerada a maior escritora francesa. Nascida como Amandine-Aurore-Lucile Dupin, baronesa de Dudevant, passa a usar como pseudónimo George Sand. Foi autora entre outras obras de "Rose et Blanche" (com Jules Sandeau, 1831), "Lettres d'un Voyager" (1834-1837), "Isidora" (1846), "La Tour de Percemont" (1876), entre muitas outras.


 
1804 - As províncias do Alto e Baixo Canadá, da Nova Escócia, Brunswick e a Ilha do Príncipe Eduardo unem-se ao Canadá.
 
1903 - Tem início a primeira Volta a França em bicicleta. O seu fundador é Henri Desgrange, jornalista do diário desportivo L'Auto.
 


1908 - É adoptado o sinal internacional de socorro SOS, em código Morse. É um sinal informativo de telecomunicações utilizado para solicitar auxílio em situações de necessidade de socorro. Quando no formato de código Morse, este sinal é grafado • • • – – – • • • e transmitido segundo esse padrão.
 
1909 - Nasce Juan Carlos Onetti (Montevidéu, Uruguai, 1 de julho de 1909 - Madrid, Espanha, 30 de maio de 1994). Virá a ser um romancista e autor de contos uruguaio considerado não só o escritor mais importante que teve a literatura do seu país, mas um dos maiores criadores de ficção em espanhol do século XX. Em 1955 publica "A Vida Breve", obra fundacional de Santa Maria, sua cidade fictícia, no ano de 1962 recebe o Prémio Nacional de Literatura do Uruguai. Muda-se em 1975 para Madrid, Espanha, onde fixa residência até aos seus últimos dias. Embora não tenha chegado a completar o ensino secundário, Onetti apresenta em toda a sua obra uma estrutura original, inovadora, que lhe dará o Prémio Cervantes de literatura do ano de 1980. Foi autor entre outras obras de "El pozo" 1939, "A Vida Breve" (1950), "O Estaleiro" (1961), "Deixemos Falar Ao Vento" (1979), "Quando já não Importa" (1993).
 
1916 - Durante a Primeira Grande Guerra Mundial, dá-se a primeira batalha do Somme. Esta batalha prolongar-se-á até 19 de novembro, causando centenas de milhar de mortos.


 
1921 - Fundação do Partido Comunista Chinês em Shanghai. O PC da China passou por momentos de dificuldades no início, os seus primeiros passos foram orientados pelo Komintern (Internacional Comunista sediada em Moscovo que orientava os Partidos Comunistas do mundo inteiro).

1925 - Morre Éric Alfred Leslie Satie, assinando como Erik Satie a partir de 1884, (Honfleur, França, 17 de Maio de 1866 - Paris, França, 1 de Julho de 1925), aos 41 anos. Foi um compositor e pianista francês. Relevante no cenário de vanguarda parisiense do começo do século XX, foi o precursor de movimentos artísticos como minimalismo, música repetitiva e teatro do absurdo. Tornou-se cult entre os jovens compositores, que eram atraídos pelos títulos bem-humorados de suas peças, e exerceu grande influência em seus amigos, os notáveis contemporâneos Debussy e Ravel, mudando assim o curso da história da música. Foi ainda inovador por ter sido um dos precursores do ragtime, estilo de pré-jazz, com as estruturas minimalistas que ele propôs. Foi autor das "Gymnopedies"(1888), "Fete donnée par des Chevaliers Normands en l'honneur d'une jeune demoiselle" (1892), 25 Nocturnes2 (1919), entre muitas obras .

1926 - Nasce Norma Jeane Mortenson (Los Angeles, Califórnia, EUA, 1 de junho de 1926 - Los Angeles, Califórnia, EUA, 5 de agosto de 1962). Virá a ser uma atriz e modelo norte-americana adoptando o nome de Marilyn Monroe. Famosa por interpretar personagens conhecidas como "loira burra", tornou-se um dos sex symbols mais populares da década de 1950, época emblemática em relação às atitudes envolvendo sexualidade. Apesar de sua carreira ter durado apenas uma década, os seus filmes arrecadaram mais de duzentos milhões de dólares até à sua morte inesperada em 1962. Desde então, ela continua a ser considerada um grande ícone da cultura popular. Foi protagonista em diversos filmes como "Dangerous Years" (1947), "Love Happy" (1949), "Niagara" (1953), "Gentlemen Prefer Blondes" (1953), "Bus Stop" (1956), "Something's Got to Give" (1962), entre muitos outros grandes sucessos.



1926 - É assinado o Acordo anglo-português sobre a zona fronteiriça de Angola com o Sudeste africano.

1929 - Surge pela primeira vez a personagem "Popeye, o marinheiro", figura de Banda Desenhada criada pelo norte-americano Elzie Crisler Segar.
 
1931 - A abertura da linha férrea Benguela-Katanga completa a primeira linha de caminho de ferro transafricana.



1934 - Nasce Sydney Pollack (Lafayette, Indiana, EUA, 1 de julho de 1934 - Los Angeles, Califórnia, EUA, 26 de maio de 2008). Virá a ser um cineasta, produtor e actor norte-americano. Pollack teve os seus dois grandes sucessos de bilheteira, aclamados pela crítica com "Tootsie ou Quando Ele Era Ela" (1982) e "Out of África ou África Minha" (1985), que ganhou o Oscar de melhor filme de 1985 e deu a Pollack o de melhor realizador. Realizou entre outros inúmeros filmes, os episódios das séries de TV "O Fugitivo" e "The Alfred Hitchcock Hour".
 
1937 - Há 80 anos a norte-americana Amelia Earhart, a primeira mulher a cruzar o Atlântico Norte num avião monomotor, inicia a volta ao mundo, mas desaparece no Pacífico.
 


1944 - Começa a conferência de Bretton Woods que levará à criação do Banco Mundial e do FMI.
 
1958 - Começa, em Genebra, a conferência das potências sobre a detecção de explosões nucleares.
 
1961 - Morre o francês Louis-Ferdinand Céline (Coubervoie, França, 27 de maio de 1894 - 1 de julho de 1961), aos 67 anos. Foi um escritor e médico francês. Após a queda do regime de Vichy, escapa para Sigmaringen na Alemanha na companhia de Pétain e Pierre Laval. Com a queda do regime nazi foge para a Dinamarca, tendo sido julgado à revelia em França e condenado a um ano de prisão e considerado uma "vergonha pública", é amnistiado, retorna a França em 1951. Foi autor de "Viagem ao Fim da Noite" (1934), "Morte a Crédito" (1936), entre muitas outras obras literárias.
 
 

1962 - Referendo na Argélia, a independência é aprovada por 99,62 por cento dos eleitores. A proclamação decorrerá a 5 de julho, oito anos após o início da guerra pela autodeterminação.
 
1963 - Começa a Conferência Internacional da Educação, em Genebra. Portugal do ditador Oliveira Salazar é excluído dos trabalhos.
 
1964 - Morre o Pierre Monteux (França, 4 de abril de 1875 - EUA, 1 de julho de 1964), aos 89 anos. Foi violinista, condutor de orquestra e mais tarde maestro norte-americano de origem francesa que estreara "Sagração da Primavera", de Igor Stravinsky, em Paris, no ano de 1913. Estas interpretações mudaram o curso da sua carreira, ficando conhecido no resto da sua vida por ser um grande maestro para obras da música francesa e russa. Conduziu a estreia nos EUA da ópera "O Galo Dourado" de Rimsky-Korsakov no Metropolitan Opera. Em 1943 ele fundou uma escola de condução de orquestras, chamada Pierre Monteux Escola para Maestros e Músicos Orquestrais, em Hancock. A partir de 1961 e até 1964 Monteux foi o principal maestro da Orquestra Sinfônica de Londres.

 
 
1965 - A França abandona as negociações para o estabelecimento de uma Política Agrícola Comum, no âmbito da CEE.
 
1967 - Há 50 anos entra em vigor o tratado de fusão dos órgãos executivos das Comunidades Europeias (CECA, CEE e EURATOM), que passam a dispor de uma única Comissão e de um Conselho.
 
1968 - É assinado o Tratado de não proliferação das armas nucleares entre o  Reino Unido, os EUA e a URSS.



1968 - É concluída a proposta de União Aduaneira entre os seis países membros da CEE.
 
1970 - O papa Paulo VI recebe os líderes dos movimentos de libertação da Guiné-Bissau, Angola e Moçambique, Amílcar Cabral, Agostinho Neto e Marcelino dos Santos, respectivamente.
 
1979 - A marca japonesa Sony lançou o walkman, o primeiro leitor de cassetes portátil da história. O modelo pesava 390 gramas.

 
1991 - Os seis Estados membros do Pacto de Varsóvia assinam, em Praga, a extinção da organização fundada a 14 de maio de 1955.
 
1991 - É nomeado o primeiro juiz negro do Supremo Tribunal dos EUA, Clarence Thomas, 43 anos, ultra conservador republicano.
 
1994 - O presidente da OLP Yasser Arafat regressa ao território palestiniano, depois de 27 anos de exílio, com a entrada na Faixa de Gaza, a partir do Egipto.
 


1995 - É inaugurada a representação de Timor-Leste, em Bruxelas.
 
1997 - Há 20 anos Hong Kong regressa à soberania chinesa, após 156 anos de Governo britânico.
 
2000 - Morre o actor norte-americano Walter Matthau (Nova Iorque, EUA, 1 de outubro de 1920 - Santa Mónica, Califórnia, EUA, 1 de julho de 2000), aos 79 anos. Filho de imigrantes judeus, serviu na Força Aérea dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Estreou-se no cinema em 1955 com "The Kentuckian", seguido por papéis dramáticos até 1964 quando se inicia na comédia, género em que se tornaria célebre, com "Goodbye Charlie". Em 1966 protagoniza "The Fortune Cookie", com o qual obteria o Oscar de melhor actor coadjuvante, e o primeiro de dez filmes que contracenaria com Jack Lemmon. Foi premiado como melhor actor do BAFTA de 1974 em dois papéis diferentes: Charley Varrick e Pete 'n' Tillie. Obteve em 1975 o David de melhor actor estrangeiro por "The Front Page" e o Prémios Globo de Ouro de 1976 de melhor actor musical/comédia em "The Sunshine Boys".

 
 
2004 - A sonda Cassini Huygens, chega a Saturno. Uma missão espacial não-tripulada enviada em missão ao planeta Saturno e aos seu sistema planetário. Um projecto conjunto da NASA, ESA (Agência Espacial Europeia) e ASI (Agência Espacial Italiana), que consiste em dois elementos principais, o orbitador Cassini e a sonda Huygens. Lançada ao espaço em 15 de outubro de 1997, continua em operação, estudando o planeta, seus satélites naturais, a heliosfera e testando a Teoria da Relatividade.
 
2004 - Morre Marlon Brando, Jr. (Omaha, Nebraska, EUA, 3 de abril de 1924 - Los Angeles, Califórnia, EUA, 1 de julho de 2004), aos 80 anos. Foi um actor de cinema e teatro e realizador norte-americano. É saudado por trazer um estilo realista emocionante na actuação em filmes, e é amplamente considerado como um dos maiores e mais influentes actores de todos os tempos. Considerado um dos mais importantes actores do cinema dos Estados Unidos, Brando foi um dos três únicos actores profissionais, juntamente com Charlie Chaplin e Marilyn Monroe, a fazer parte da lista de 100 pessoas mais importantes do século compilada pela revista Time, em 1999. Brando foi, também, um activista, apoiando diversas causas, mais notavelmente o movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos e diversos movimentos em defesa dos índios norte-americanos. Na opinião do cineasta Martin Scorsese, "Ele é o marco. Há o 'antes de Brando' e 'depois de Brando'." Foi protagonista de filmes como  "Um Eléctrico Chamado Desejo" (1951), "Há Lodo no Cais" (1954), "Revolta na Bounty" (1962), "O Padrinho" (1972), "O Último Tango em Paris" (1974), "Apocalypse Now" (1979) entre muitos outros grandes sucessos.
 

 
2005 - Morre Renaldo "Obie" Benson (Detroit, Michigan, EUA, 14 de junho de 1936 - Detroit, Michigan, EUA, 1 de julho de 2005), aos 69 anos. Foi um cantor e compositor norte-americano, caracterizado pela sua voz de baixo que marcou as canções de soul e rhythm and blues do grupo por mais de quatro décadas. Foi cofundador da lendária editora Tamla-Motown de Detroit, EUA. Entre várias composições e gravações de sucesso, "Obie" é o co-autor com Marvin Gaye e Al Cleveland de "What's Going On", uma das mais importantes músicas de protesto dos anos das transformações sociais e da Guerra do Vietname nos Estados Unidos, considerada pela revista Rolling Stone a 4ª melhor canção de todos os tempos. Foi dele a inspiração para a composição da música após ser testemunha da violência policial contra manifestantes na Califórnia em 1969. Como membro integrante da banda Four Tops, ele foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame em 1990 e ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 1997.
 
2007 - Os consumidores europeus passam a poder escolher livremente os fornecedores de gás e electricidade.
 
2008 - Nelson Mandela, campeão do combate anti-apartheid e ex-presidente sul-africano, é retirado, simultaneamente com o seu partido, das listas negras norte-americanas do terrorismo.
 






Texto:
Paulo Nogueira