sábado, 29 de dezembro de 2018

EFEMÉRIDES do dia 29 de dezembro



Santo do dia, São Thomas Becket, Tomás Becket, Tomás de Canterbury ou Tomás de Londres (Londres, Inglaterra, 21 de dezembro de 1118 - Canterbury, Inglaterra, 29 de dezembro de 1170). Thomas era filho de pai normando e cresceu na Corte ao lado do herdeiro do trono britânico, o futuro rei Henrique II de Inglaterra. Foi um dos jovens cortesãos da comitiva do futuro rei da Inglaterra, um dos amigos íntimos com que Henrique mais tinha afinidade. Era ambicioso, audacioso, gostava das diversões com belas mulheres, das caçadas e das disputas perigosas. Compartilharam os belos anos da adolescência e da juventude antes que as responsabilidades da Coroa os afastasse. Mas o rei não sabia que o antigo amigo se tornara, de facto, um fervoroso pastor de almas para o Senhor e ferrenho defensor dos direitos da Igreja de Roma. Thomas foi ordenado sacerdote em 1162 e, no dia seguinte, consagrado arcebispo de Canterbury. Não demorou muito em entrar em sérios conflitos, imediatamente, com o rei. Negou-se a reconhecer as novas leis das "constituições de Clarendon", que permitiam direitos abusivos ao soberano, e teve de fugir para a França, para assim escapar à sua ira. Foi arcebispo de Canterbury entre 1162 e 1170. Quando regressou desse exílio em França, persistiram os conflitos com o rei Henrique II de Inglaterra pelos direitos e privilégios da Igreja, acabou sendo por isso assassinado por seguidores do rei na Catedral de Canterbury no dia 29 de dezembro de 1170. É venerado como santo e mártir pela Igreja Católica e pela Igreja Anglicana. Também é referido como Thomas à Becket, apesar de este nome poder ter-lhe sido atribuído posteriormente, possivelmente com a intenção de o ligar à memória de Thomas de Kempis (Thomas à Kempis). O papa Alexandre III canonizou Thomas Becket três anos depois do seu testemunho de fé em Cristo. A sua memória é homenageada com festa litúrgica no dia da sua morte.

 






Em Portugal

1864 - É posto à venda, em Lisboa, o primeiro número do jornal Diário de Notícias, fundado pelo jornalista e escritor Eduardo Coelho e pelo industrial tipográfico Tomás Quintino Antunes, 1.º Conde de São Marçal. Em 29 e 30 de dezembro de 1864 já se tinham publicado dois números-programa. O preço de cada número era de 10 réis. As primeiras três décadas de vida do jornal Diário de Notícias foram marcadas pela direcção de Eduardo Coelho, que seguiu uma estratégia de implementação e consolidação do jornal praticando um jornalismo moderno, informativo e independente. Actualmente é um dos jornais matutinos e de referência em Portugal. Tem uma grande tiragem diária, o que o coloca em 4.º lugar entre os jornais diários generalistas portugueses. A sua sede situa-se em Lisboa e é propriedade da Global Notícias, uma empresa do Grupo Global Media Group.



1911 - Nasce António Alves Redol (Vila Franca de Xira, Portugal, 29 de dezembro de 1911 - Lisboa, Portugal, 29 de novembro de 1969). Virá a ser um escritor, considerado como um dos expoentes máximos do neorrealismo português. Apesar das diversas actividades profissionais que realizou ao longo da sua vida, ao mesmo tempo lecciona língua portuguesa a título particular. Começa a conviver com intelectuais de esquerda e adere aos ideais do Partido Comunista Português e do Movimento de Unidade Democrática, contrapondo-se, veemente, à conjuntura política da época. Em virtude de sua convivência com as péssimas condições de vida das camadas rurais e de vivenciar duplamente essas condições (na infância e na juventude), volta o seu olhar para a dimensão social, mais especificamente, para as questões de reivindicação de mudança social. A essa altura, reafirma a sua vocação para a escrita. Cria a Secção "De sol a sol", no jornal O Diabo, em que passa a publicar textos voltados para as tensões sociais, contrapondo-se, assim, aos ideais de exploração dos regimes totalitários. Alves Redol sofre repressão da ditadura militar, chegando até a ser preso e torturado. Ao lançar mão dessa postura de preocupação social, ele toma como base alguns ideais do marxismo e do socialismo, empregando-os em sua escrita os pressupostos de autores revolucionários clássicos. Nas suas obras retrata os diversos profissionais rurais e urbanos (destacando os seus inúmeros grupos), suas práticas corriqueiras do dia a dia e, sobretudo, as suas péssimas condições de vida em decorrência do capitalismo. Em alguns casos, ele até estabelece comparações entre o animal selvagem e o homem, em vista das péssimas condições de vida deste último. Mais tarde virá a ser director do semanário ribatejano Goal (1933) e também se encontra colaboração da sua autoria no semanário Mundo Literário (1946-1948). Foi autor entre muitas obras de "Gaibéus" (1939), "Marés" (1941), "Avieiros" (1942), "O Muro Branco" (1966), "Os Reinegros" (1972), "Comboio das Seis" (1946), "Constantino, Guardador de Vacas e de Sonhos" (1962), entre muitas outras obras e estudos.



1946 - Morre Abel de Lima Salazar (Guimarães, Portugal, 19 de julho de 1889 - Lisboa, Portugal, 29 de dezembro de 1946), aos 57 anos. Foi um médico, professor, investigador, pintor e resistente ao regime salazarista português que trabalhou e viveu no Porto. Nomeado Professor Catedrático de Histologia e Embriologia na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, acabando por fundar e dirigir o Instituto de Histologia e Embriologia da universidade, um modesto centro de estudos. Como investigador, contribuiu, nomeadamente, com trabalhos relativos à estrutura e evolução do ovário acabando por criar o agora célebre, e ainda utilizado, método de coloração tano-férrico de Salazar. Entre 1919 e 1925 o seu trabalho torna-se internacionalmente conhecido e publicado em várias revistas científicas internacionais, participando em numerosos congressos no estrangeiro. Com o seu afastamento forçado da vida académica, Abel Salazar desenvolve em sua casa uma produção artística variada: gravura, pintura mural, pintura a óleo de paisagens, retratos, ilustração da vida da mulher trabalhadora e da mulher parisiense, aguarelas, desenhos, caricaturas, escultura e cobres martelados. As suas obras artísticas, com referências sociais, antecipam o movimento neorrealista na pintura portuguesa. O reputado Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto presta-lhe homenagem e às suas pinturas com as suas referências sociais. Apesar do nome, não era relacionado com António de Oliveira Salazar, o presidente de conselho de ministros Português. O funeral do cientista Abel Salazar, no Porto, em 1 de janeiro transforma-se numa manifestação de protesto contra a ditadura do Estado Novo.
 
 

1950 - A Comissão Inter-Associações, a Associação Académica de Coimbra e a Comissão Provisória do Porto contestam a proibição da Semana Universitária e do Congresso Nacional de Estudantes, pelo Governo de Oliveira Salazar.

1959 - É inaugurado o Metropolitano de Lisboa após mais de quatro anos de trabalhos. A rede compõe-se de duas linhas radiais em forma de "Y", de Entre Campos a Restauradores e Sete Rios a Restauradores. Tem 11 estações e um comprimento de 6,5 km. Todas as estações, à excepção do nó da Avenida, assinada pelo artista plástico Rogério Ribeiro, tinham intervenções plásticas de Maria Keil. Das 11 estações inauguradas, apenas Sete Rios, Entre Campos e Rotunda detinham um cais com 70 m de comprimento, o que permitia acolher quatro carruagens. Todas os outros nós (Palhavã, São Sebastião e Parque no primeiro troço, Campo Pequeno, Saldanha e Picoas no segundo e Avenida e Restauradores no tronco comum) possuíam apenas um cais com 35 m de comprimento, o suficiente para receber comboios de duas carruagens. O Parque de Material e Oficinas (PMO) situava-se em Sete Rios e era acedido através da estação da Palhavã. Os comboios que circulavam na rede tinham apenas duas carruagens. Nesta época, o Metrolpolitano de Lisboa tinha ao seu dispor 24 unidades da série ML7, importadas da empresa alemã Linke Hofmann Busch GMBH e montadas pela empresa portuguesa Sorefame, com a configuração motora-motora, e numeradas de A-1 a A-24.

 

1994 - O grupo Champalimaud compra 50 por cento do capital do Banco Totta e Açores.
 
2003 - A acusação do Ministério Público no Processo Casa Pia incide em 10 dos 13 arguidos. entre eles estavam algumas figuras conhecidas quer do meio artístico e TV português, quer da poliítica entre outros.
 
2006 - O Instituto Português de Meteorologia revela que o ano de 2006 foi um dos cinco mais quentes desde 1931 em Portugal Continental, com a temperatura a subir um grau em relação à média dos últimos 40 anos.
 
 

2008 - O Presidente da República, Cavaco Silva, anuncia a promulgação do Estatuto Político-Administrativo dos Açores, mas faz fortes críticas à lei.

2012 - Morre Paulo Soares da Rocha (Porto, Portugal, 22 de dezembro de 1935 – Vila Nova de Gaia, Portugal, 29 de dezembro de 2012), aos 77 anos. Foi um cineasta português. Abandonando os estudos de Direito, partiu para França, em 1959, já em Paris frequentou, até 1962, o Institut des Hautes Études Cinématographiques, onde obteve um diploma de Realização de Cinema. Foi assistente de Realização estagiário de Jean Renoir em Le Corporal Épingle (1962). Voltou a Portugal, trabalhando como assistente de Manoel de Oliveira, acabando por se estrear na realização com o filme "Verdes Anos" (1962), produzido por António da Cunha Telles e considerado uma obra-chave para o movimento do novo cinema português. Paulo Rocha é considerado um dos fundadores do movimento do Novo Cinema em Portugal, pertencendo à geração de cineastas que surgiu no seio do movimento cineclubista. Foi director do Centro Português de Cinema, de 1973 a 1974. Entre 1975 e 1983 foi Adido Cultural da Embaixada de Portugal em Tóquio, onde estudou a vida e obra de Wenceslau de Moraes, tema da sua longa-metragem "A Ilha dos Amores" (1982). Em 9 de junho de 1994 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. Da sua obra cinematográfica destaque para "Mudar de Vida" (1966), "Sever do Vouga... Uma Experiência" (1971), "A Pousada das Chagas" (1972), "Camões - Tanta Guerra, Tanto Engano" (1998), "Portugaru San - O Sr. Portugal em Tokushima" (1993), "Se Eu Fosse Ladrão, Roubava" (2013), "Vanitas" (2004).
 










No Mundo

1721 - Nasce Jeanne-Antoinette Poisson, Marquesa de Pompadour (Paris, França, 29 de dezembro de 1721 - Palácio de Versalhes, França, 15 de abril de 1764). Virá a ser mais conhecida como Madame de Pompadour, ou simplesmente apelidada como Reinette ("rainhazinha" em francês), foi uma cortesã francesa e amante do rei Luís XV de França considerada uma das figuras francesas mais emblemáticas do século XVIII. Jeanne, na verdade, foi agraciada com o título de Duquesa de Pompadour, em 12 de outubro de 1752, mas nunca chegou a utilizar o título, apenas os seus privilégios, como o de se poder sentar na presença do rei e da família real e o de utilizar a Coroa Ducal no seu brasão e carruagens. Dotada de inteligência, encanto, beleza, e ao mesmo tempo uma mulher fria, em termos físicos e na alma, Madame de Pompadour via o seu papel como o de uma secretária confidencial do rei. Governou Versalhes, concedia audiências a embaixadores e tomava decisões sobre todas as questões ligadas à concessão de favores, de forma tão absoluta quanto qualquer monarca. Influenciando politicamente as decisões reais, ela tornou-se uma empreendedora, incentivando a fundação da fábrica de porcelanas de Sèvres. É praticamente impossível dizer exactamente como, quando e onde Madame d'Etioles, mais tarde Madame de Pompadour e Luis XV se conheceram, mais difícil ainda seria definir a data de quando eles se tornaram amantes. Madame de Pompadour sofreu dois abortos em 1746 e 1749, e ela terá dito ter arranjado amantes menores para o prazer do rei para substituir a si mesma. Apesar de terem deixado de ser amantes depois de 1750, eles continuaram amigos, e Luis XV foi-lhe dedicado até à sua morte em 1764.
 
 
 
1800 - Nasce Charles Goodyear (New Haven, Connecticut, EUA, 29 de dezembro de 1800 - Nova Iorque, EUA, 1 de julho de 1860). Virá a ser um inventor norte-americano que ficou conhecido por ter descoberto a vulcanização da borracha. A pedido do gerente da Roxbury Rubber Company, de Boston, começou a estudar a forma de a borracha resistir a variações de temperatura. Após várias tentativas sem sucesso, conseguiu, utilizando um método em que misturava enxofre com borracha e  a colocando a alta temperatura, obtendo desse modo borracha vulcanizada. Em 1855, recebeu a Grande Médaille d'Honneur e a Croix de la Légion d'Honneur.

1890 - Cerca de 400 índios Sioux são chacinados na batalha de Wounded Knee, Dakota do Sul, por tropas norte-americanas. Foi a última batalha das Guerras Indígenas. O local do massacre foi designado como um Marco Histórico Nacional. O campo de batalha foi designado, em 15 de outubro de 1966, um local do Registo Nacional de Lugares Históricos bem como, em 21 de dezembro de 1965, um Marco Histórico Nacional.


 
1891 - Thomas Edison patenteia a primeira tecnologia TSF rádio. Com o passar dos anos, estudos para o desenvolvimento desta tecnologia surgiram com Guglielmo Marconi. Para garantir que os seus estudos sobre a TSF rádio estivessem protegidos de forma legal de processos judiciais, a empresa de Marconi comprou os direitos da patente a Thomas Edison.


1916 - Publicação do romance "Retrato do Artista enquanto Jovem", de James Joyce, nos EUA. O romance narra a experiências de infância e adolescência de Stephen Dedalus, alter ego do autor e termina com a recriação dos seus ritos de passagem para a idade adulta, que incluíram deixar para trás a família, os amigos, a Irlanda e ir viver para o continente.
 
1940 - Durante a II Guerra Mundial a aviação da Alemanha nazi com aviões Heinkel inicia o lançamento de bombas incendiárias sobre a cidade de Londres na noite de 29 para 30 de dezembro. A devastação da cidade foi considerada a maior catástrofe depois do Grande Incêndio de 1666.
 
 

1949 - Começa a operar a primeira estação de televisão, a KC2XAK, em UHF, em Bridgeport, Connecticut nos Estados Unidos.

1950 - Aprovação da Lei Cellar-Kefauver, lei anti monopólio, nos EUA.
 
1962 - Tropas das Nações Unidas ocupam Elizabethville, no Katanga.
 


1971 - O Reino Unido inicia a retirada das tropas estacionadas em Malta. Respondendo ao ultimato de Dominic "Dom" Mintoff, ao anunciar a retirada de seus 3.500 soldados e 7.000 dependentes de Malta.

1973 - O presidente das Filipinas, Ferdinando Marcos, põe termo às eleições livres no país e assume o poder pessoal e absoluto.
 
 1975 - A explosão de uma bomba no aeroporto de La Guardia, em Nova Iorque, no terminal da TWA, causa a morte de 11 pessoas. A polícia chegou a investigar suspeitos ligados a diversos grupos extremistas, mas nunca encontrou os reais responsáveis pelo atendado, que ficou sem solução até hoje.

 

1980 - O presidente dos EUA, James Carter, recusa o pagamento de qualquer resgate para a garantir a libertação dos 52 reféns norte-americanos detidos no Irão.

1985 - A URSS acusa os Estados Unidos de violação do tratado de mísseis antibalísticos, assinado em 1972, com o teste nuclear subterrâneo no deserto de Nevada.

1986 - Morre Andrei Arsenyevich Tarkovski (Zavrazhye, ex URSS, 4 de abril de 1932 - Paris, França, 29 de dezembro de 1986), aos 64 anos. Foi um cineasta russo, nascido na então União Soviética. Estudou piano numa escola de música e frequentou uma escola de arte plásticas, no entanto e após a formatura do ensino médio, 1951-1952, Andrei Tarkovski ingressa na Academia de Ciências da URSS. Não terminou os seus estudos e desistiu de trabalhar como prospector de minérios para a Academia de Ciências Instituto de Metais Não Ferrosos e Ouro. Foi durante uma expedição de pesquisa em que participou ao longo de um ano no rio Kureikye perto Turukhansk na província de Krasnoyarsk que Andrei Tarkovski decidiu estudar cinema. Durante a sua vida realizou  apenas sete longas-metragens, bem como três curtas de seu tempo em VGIK. Também escreveu vários guiões para cinemas. Realizou a ópera Boris Godunov, em Londres, e uma produção de rádio do conto Turnabout por William Faulkner. Além disso, escreveu "Esculpindo o Tempo", um livro sobre a teoria do cinema. A primeira longa metragem realizado por Andrei Tarkovski foi "A Infância de Ivan" em 1962, mais tarde assume o projecto do realizador Eduard Abalov, que abandonou a produção, este filme concedeu-lhe a aclamação internacional e foi vencedor do Leão de Ouro, na cidade de Veneza, em 1962. Entre 1973 e 1974 realizou as filmagens da sua quarta longa metragem. "O Espelho", que é um filme autobiográfico, que remonta à sua infância. Durante o verão de 1979, Tarkovski viajou para a Itália, onde filmou o documentário "Voyage in Time". Da sua filmografia destaque para "Stalker" (1979), "Nostalghia" (1983), "Offret - Sacrificatio" (1986), entre muitos outros sucessos.
 


1989 - Vaclav Havel, veterano dissidente da Carta 77, defensor dos Direitos Humanos, assume a Presidência da República da Checoslováquia.

1996 - O Governo e a guerrilha da Guatemala assinam um acordo de cessar-fogo que põe termo a 36 anos de conflito.

1998 - Há 20 anos os líderes Khmer Vermelho, do Camboja, retratam-se publicamente pelo genocídio de mais de um milhão de pessoas, nos anos 70. Serão mais tarde condenados a prisão perpétua por crimes contra a humanidade.
 

 
2001 - Protestos violentos em Buenos Aires, Argentina, pela grave crise económica leva à retenção dos depósitos na banca. Manifestantes lançam fogo ao Parlamento.

2004 - Morre Julius Axelrod (Nova Iorque, EUA, 30 de maio de 1912 - Rockville, Maryland, EUA, 29 de dezembro de 2004), aos 92 anos. Foi um bioquímico norte-americano, participou no desenvolvimento do Tylenol ou paracetamol, também conhecido por acetaminofeno, um fármaco com propriedades analgésicas e antipiréticas utilizado essencialmente para tratar a febre e a dor leve e moderada. Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1970, juntamente com o sueco Ulf Svante von Euler e o britânico sir Bernard Katz, pelas pesquisas sobre os mecanismos que regulam a formação do hormônio noradrenalina como um importante transmissor de impulsos nervosos.

2006 - Maria Del Carmen Bousada, uma mulher andaluza de 67 anos dá à luz dois gémeos, em Barcelona. foi considerada a mãe mais velha de sempre.
 

 
2012 - A assembleia-geral das Nações Unidas aprova uma resolução para a elevação do estatuto da Palestina a Estado observador não-membro. O mesmo que tem o Vaticano.

2013 - Pelo menos 18 pessoas morrem e mais de 40 ficaram feridas durante o ataque de uma bombista suicida prepertrado por uma mulher-bomba  muçulmana chechena, Oksana Aslanova, numa estação de comboios de Volgograd, antiga Estalinegrad. A explosão ocorreu perto dos detectores de metal na entrada da estação. Câmeras de TV registaram o momento da explosão.

2015 - Morre Ian Fraser Kilmister (Stoke-on-Trent, Reino Unido, 24 de dezembro de 1945 - Los Angeles, Califórnia, 28 de dezembro de 2015), aos 70 anos. Conhecido como "Lemmy", foi um cantor, baixista e compositor inglês, conhecido por ser o fundador da banda de rock inglesa de heavy metal "Motörhead". Era adorado pelos seus fãs pela sua postura autêntica, estilo de tocar, timbre, e voz marcante. O apelido "Lemmy" seria pela época em que era roadie e andava em tournée com as bandas e pedia £5 emprestado (em inglês: - lemmy a fiver (lend me a fiver)), embora o próprio músico tenha dito na sua autobiografia que já era chamado assim desde os 10 anos de idade. Antes de ser músico, foi roadie do cantor e guitarrista Jimi Hendrix, tocou nas bandas "Rockin' Vickers" e "Sam Gopal", sendo roadie da banda "Hawkwind", onde ocupou o lugar do baixista que havia faltado ao concerto. Expulso mais tarde da banda por ter sido detido no Canadá com anfetaminas, fundou a sua banda, originalmente chamada de "Bastards", mais tarde renomada como "Motörhead"; o nome vem da última música de Lemmy escrita para o "Hawkwind". A sua autobiografia, "White Line Fever", narra a sua carreira e os principais altos e baixos enfrentados pela banda. Deixou a sua marca como músico em muitos temas das várias bandas por onde passou.
 


 
 
 
 
 
 

Texto:
Paulo Nogueira

 

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

OS PRESENTES DE NATAL






Falar de presentes de Natal é algo com uma história curta mas de grande importância e significado para a humanidade desde há muitos séculos. Para muitos, nos tempos mais recentes, é considerado algo fútil e que apenas alimenta o comércio e a economia dos países nesta época do ano, é um tema portanto um pouco discutível, dado que as opiniões divergem muito quanto ao seu significado nesta quadra natalícia. O Natal é uma verdadeira festa universal, que até mesmo em países onde a população cristã é minoria, esta quadra tem o seu prestígio e importância. É um feriado comemorado todos os anos no dia 25 de dezembro, diferente dos países eslavos e ortodoxos, que festejam o Natal no mês de janeiro. A data foi escolhida para homenagear o nascimento de Jesus, o que, para os cristãos, representa grande marco na história. Existe a tradição desde à muitos séculos da troca presentes neste dia, em Espanha a mesma tradição acontece no dia de Reis. Recuando nos tempos, desde há cerca de dez mil anos que os povos agricultores trocavam presentes, normalmente excedentes alimentares das suas produções, no Solstício de Inverno, como forma de celebrar o facto de o Inverno já estar a meio e em breve regressarem dias melhores e mais quentes. Também na Roma Antiga havia a tradição da troca de presentes, quando em dezembro os pagãos saíam às ruas para comemorar a Saturnália (festividades em hora do Deus Saturno que ocorriam entre 17 e 24 de dezembro do Calendário Juliano), trocavam presentes em forma de comemoração, nomeadamente amuletos que consideravam dar sorte para o resto do ano,  seguido de banquetes e celebrações. Quando a festa pagã foi proibida pela Igreja Católica, pois a data escolhida para comemorar o nascimento de Jesus foi em dezembro, alguns costumes pagãos mantiveram-se, e entre eles a troca de presentes nessa época do ano. Era um costume pagão e os cristãos não conseguiram suprimi-lo. Ao invés, subverteram o conceito e a oferta de presentes passando assim a simbolizar a entrega de oferendas ao Menino Jesus pelos Reis Magos. Segundo rezam os escritos, os três reis Magos, de seus nomes Gaspar, Baltasar e Belchior, representam os povos pagãos. Estes três nomes simbolizam as raças distintas, representando a universalidade da Salvação. Eram eles Belchior (representante da raça europeia) que terá oferecido ouro. Baltasar (representante da raça africana) que terá oferecido mirra. Gaspar (representante da raça asiática) que terá oferecido incenso. Outras fontes citam que talvez fossem astrólogos ou astrónomos ou até sacerdotes conselheiros da religião zoroástica da Pérsia. Eram considerados homens sábios. Eles vieram do Oriente conduzidos pela estrela de Belém. Chegaram à cidade de Belém, local de nascimento do Menino Jesus, trazendo presentes, mirra, ouro e incenso. O ouro (metal precioso) que representava a realeza, a mirra (resina de planta com propriedades anti-sépticas) era símbolo da paixão e sofrimento que Jesus iria ter ao longo da sua vida e o incenso (composto por materiais provenientes de plantas aromáticas e óleos essenciais) é oferecido a Deus, representa a divindade de Jesus. Todos os Presépios de Natal têm por tradição esta representação dos três Reis Magos com os seus presentes a Jesus.




Mosaico com representação dos festejos em honra de Saturno na Roma antiga
(col. Museu Arqueológico de Nápoles)



Amuletos da sorte oferecidos na Roma Antiga
por altura das comemorações da Saturnália
(col. priv.)




Os três Reis Magos com as suas oferendas  num detalhe do famosos mosaicos do séc. V
(Basílica de Saint Apollinare Nuovo, em Ferrara, Itália)



Representação dos três Reis Magos na Visitação da Natividade, por Jacopino di Francesco,1325
(col. Chrysler Museum)



Os três Reis Magos com as oferendas a Jesus em Presépio de Natal de porcelana biscuit na actualidade
(col. pess.)




Não se sabe ao certo quando surgiu a tradição natalícia, mas terá sido o Papa Libério (310 d.C. – 366d.C.), que o terá oficializado em 354 d.C. Mais tarde surgiu a história de Nicolau, bispo de Mira, na actual Turquia, durante o século IV, por volta de 280 d. C.. Entre outros atributos dados ao santo, ele foi associado ao cuidado das crianças, à generosidade e à doação de presentes, como saquinhos com moedas próximo das chaminés das casa. Foi transformado em santo (São Nicolau) pela igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele. Muitos milagres lhe são atribuídos, e grande parte deles se relacionam com a doação de presentes. A imagem deste santo acabou por ficar muito ligada a esta quadra e entrou na tradição com grande peso. A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Uma série de figuras de origem cristã e mítica têm sido associadas ao Natal e às doações sazonais de presentes, este período que começa no Natal e se estende até ao Dia de Reis. Esta figura mítica tem várias designações; Pai Natal em Portugal, Papai Noel no Brasil também conhecido como Santa Claus (na anglofonia), Père Noël e o Weihnachtsmann; São Nicolau ou Sinterklaas, Christkind, Kris Kringle, Joulupukki, Babbo Natale, São Basílio e Ded Moroz. Muitos a associam a figura do Pai Natal, nos tempos mais recentes, a um símbolo de markting. No entanto em Portugal e não só, a tradição da entrega dos presentes de Natal, contada às crianças na maioria das famílias tradicionais católicas, era e ainda continuam sendo em alguns casos, o Menino Jesus, já que se comemora o dia do seu nascimentos, a adopção do Pai Natal como "mensageiro" dos presentes de Natal surge tardiamente. Tudo por questões relacionadas com a tradição e a religião. É igualmente tradição os presentes de Natal serem deixados debaixo da tradicional árvore de Natal, ou no "sapatinho" junto a uma lareira.




São Nicolau de Mira por Gheorghe Tattarescu
(col. Museu Municipal de Bucareste)



Representação de São Nicolau de Mira
e seu milagre em cromo do séc. XIX
(col. priv.)



A tradição das prendas oferecidas pelo São Nicolau ou Pai Natal (arq. priv.)




Gravura austríaca do séc. XIX alusiva a São Nicolau e á entrega de presentes de Natal às crianças
(col. pess.)


A evolução que tomou a figura mítica de São Nicolau através dos tempos (arq. priv.)



O uso da figura do Pai Natal em anúncio de marca dos anos 60
alusivo ao consumismo (col. priv.)
 
 

A figura do Pai Natal em anúncio de TV português dos anos 80 (arq. priv.)



A figura mítica do Pai Natal como imagem de markting (arq. priv.)



Alusão às duas figuras míticas mensageiras das prendas de Natal, o Menino Jesus e o Pai Natal
 (arq. priv.)
 
 

A tradicional árvore de Natal com presentes (arq. priv.)



Tradicional árvore de Natal e lareira com presentes (arq. priv.)
 
 

Nos tempos mais recentes as prendas e todo o tipo de presente são essencialmente para as crianças que deliram com o momento de rasgar o papel de embrulho e não ligam nenhuma à maioria dos presentes! Actualmente, seja por motivações religiosas ou não, essa tradição é ainda muito forte e o que contribui directamente para isso são a propaganda e o consumismo. Cresce a cada ano o número de lojas, novidades e atractivos para comprarmos e a vontade de presentear a quem amamos motiva-nos cada vez mais a consumir. Apesar disso, o que importa é a intenção do gesto de oferecer. O acto de dar um presente é uma das melhores maneiras de demonstrar apreço e carinho por alguém e talvez seja essa a razão de continuarmos, mesmo depois de séculos. Ao oferecer-mos presentes uns aos outros, podemos com esse acto, estar a doar o nosso tempo e talentos para servir o próximo, não somente no Natal, mas mais importante, durante todo o ano. Com o comércio exagerado que se foca mais o Pai Natal do que em Jesus, nós ainda podemos presentear quem amamos com prendas que tragam o verdadeiro simbolismo do Natal ao invés de apenas nos basear-mos na quantidade imposta pelo comércio e sociedade. Afinal, dar um presente é uma expressão natural de gratidão, amor, apreço e carinho. Diferentes pessoas precisam de diferentes presentes. Algumas apreciam o tempo passado com elas e os afectos, os afectos e a paz mundo que cada vez são mais precisos e importantes. Outras simplesmente um acto de serviço com algo que necessitem. Muitas somente por ter a família toda reunida e uma ceia singela à mesa as completa. O mais importante dentro de tudo isto é que nesta época do ano, aproveitamos para homenagear pessoas queridas, agradecer as gentilezas recebidas durante o ano, confraternizamos com quem faz parte de nossas vidas e que de alguma forma constróiem conosco a nossa história.



A felicidade de uma criança com o seu presente de Natal (arq. priv.)
 


Crianças e os presentes de Natal mais desejados (arq. priv.)
 
 

Partilha de presentes de Natal entre crianças (arq. priv.)
 
 
 
Oferecer um presente de Natal simbólico, sinal de sentimentos (arq. priv.)
 
 

Um almoço convívio dos Afectos de Natal em Valpaços,
presente que se deveria repetir o ano inteiro
(arq. Diároactual)



Dar afectos e sentimentos, a melhor prenda de Natal (arq. priv.)




Com muitos ou poucos presentes de Natal materiais, importante e fundamental é que o verdadeiro espirito natalício esteja sempre presente durante o ano inteiro!

VOTOS DE UM SANTO E FELIZ NATAL!






Texto:
Paulo Nogueira


Fontes e bibliografia:
Catolicismo Romano in publicação on line
WALSH, Joseph J. Were They Wise Men Or Kings?: The Book of Christmas Questions. Louisville, Ky: Westminster John Knox Press, 2001. p. 8
KAUL, Vivek. "How Coca-Cola turned Santa Claus red", 5 Julho 2010
Catolicismo Romano in publicação on line.





quinta-feira, 29 de novembro de 2018

EFEMÉRIDES do dia 29 de novembro

 
Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano
De entre os santos dedicados a este dia, destaque para São Saturnino de Tolosa ou de Toulouse, ou ainda São Sadurninho (século III, Patras, Grécia - 257, Tolosa, Gália Aquitânia, actual França). Algumas fontes referem que Saturnino teria sido filho de Egeu, rei da Acaia, e da sua esposa Cassandra. Terá sido igualmente, um dos 120 discípulos de Jesus que estava no Cenáculo aquando do Pentecostes (a descida Espírito Santo aos Apóstolos). A sua origem seria grega e terá ido para a Palestina atraído pela fama de João Baptista, fama essa que tinha chegado até à região norte do Mediterrâneo. Posteriormente tornou-se um seguidor de Jesus. Depois do Pentecostes partiu para evangelizar as terras a leste da Palestina sob a autoridade de São Pedro, chegando aos territórios dos persas e dos medos, uma das tribos de origem ariana, assim como às províncias adjacentes. Neste período, segundo a lenda, terá curado milagrosamente doentes, leprosos, paralíticos e libertou almas de demónios. Antes de se ir embora, deixou instruções escritas aos novos cristãos sobre como se deveriam comportar e no que deveriam acreditar. A confirmação da sua vida emergiu junto com a descoberta de importantes escritos do cristianismo produzidos entre os anos 430 d. C. e 450 d. C.. Conhecidos como a "Paixão de Saturnino", que trouxeram dados enriquecedores sobre a primitiva Igreja de Cristo na Gália, futura França. Esses documentos apontam Saturnino como primeiro bispo de Toulouse nos anos 250 d. C., sob o consulado de Décio. Era uma época em que a Igreja, naquela região, contava com poucas comunidades cristãs. Estava desorganizada desde 177 d. C., com o grande massacre dos mártires de Lyon. O número de fiéis diminuía sempre mais, enquanto nos dos templos pagãos as filas para prestar sacrifícios aos deuses parecia aumentar. O relato continua dizendo que Saturnino, após uma peregrinação pela Terra Santa, iniciara a sua missão de evangelização no Egipto, onde converteu um bom número de pagãos. Foi, então, para Roma e, fazendo uma longa viagem por vales e montanhas, atingiu a Gália. Por onde andou, pregava com fervor, convertendo quase todos os habitantes que encontrava ao cristianismo. Consta que ele ordenou o futuro São Honesto e juntos foram para Espanha, onde teria, também, baptizado o agora São Firmino. Depois, regressou a Toulouse, mas antes consagrou-o primeiro como bispo de Pamplona e o segundo para assumir a diocese de Amiens. Embora houvesse um decreto do imperador proibindo e punindo com a morte quem participasse em missas ou mesmo simples reuniões cristãs, Saturnino liderou os que o ignoravam. Continuou com o santo sacrifício da missa, a comunhão e a leitura do Evangelho. Assim, ele e outros quarenta e oito cristãos acabaram por ser descobertos reunidos a celebrar missa num domingo. Foram presos e julgados no Capitólio de Toulouse. O juiz ordenou que o bispo Saturnino, uma autoridade da religião cristã, sacrificasse um touro em honra a Júpiter, deus pagão, para convencer os demais. Como se recusou, foi amarrado pelos pés ao pescoço do animal, que o arrastou pela escadaria do templo. Morreu com os membros esfacelados. O seu corpo foi recolhido e sepultado por duas cristãs. No local, um século mais tarde, São Hilário construiu uma capela de madeira, que logo foi destruída. Mas as suas relíquias foram encontradas, no século VI, por um duque francês, que mandou, então, erguer a belíssima igreja dedicada a São Saturnino, em francês, de Saint Sernin du Taur, que existe até hoje com o nome de Nossa Senhora de Taur. São Saturnino é uma das devoções mais populares em França e Espanha. O culto ao mártir São Saturnino, bispo de Toulouse, foi confirmado e mantido pela Igreja em 29 de novembro.







 
Em Portugal

1807 - Após o avanço das tropas de Napoleão durante a Guerra Peninsular sobre Lisboa, comandadas pelo general Junot, da-se a transferência da corte portuguesa de D. João VI para o Brasil. A esquadra portuguesa, que saiu do porto de Lisboa ia comandada pelo vice-almirante Manuel da Cunha Souto Maior. Este foi o episódio da história de Portugal e da história do Brasil em que a família real portuguesa, a sua corte de nobres, servos, demais empregados domésticos (tais como valetes) e inclusive uma biblioteca com mais de 60 000 livros, radicaram-se no Brasil, entre 1808 e 1821. Tendo sido a leva inicial de 15 000 pessoas. Posteriormente, após 1821, muitos destes voltaram a Portugal. A capital do Reino de Portugal foi estabelecida na capital do Estado do Brasil, a cidade do Rio de Janeiro, registando-se o que alguns historiadores denominam de "inversão metropolitana", ou seja, da colónia passou a ser exercida a soberania e o governo do império ultramarino português. Pela primeira e única vez na história uma colónia passava a sediar uma corte europeia. Em Lisboa a regência nesse período é substituída pelo poder da Junta do chamado "El-Rei Junot".

 
 
1874 - Nasce António Caetano de Abreu Freire Egas Moniz, nome de baptismo António Caetano de Abreu Freire de Resende, conhecido popularmente como Egas Moniz (Estarreja, Avanca, Vilarinho do Bairro, Portugal, 29 de novembro de 1874 - Lisboa, Portugal, 13 de dezembro de 1955). Virá a ser um médico, neurocirurgião, pesquisador, professor, ensaísta, industrial, político e escritor português. Responsável pelo desenvolvimento da arteriografia, ou angiografia cerebral em 1927, descoberta que revolucionou a medicina e a neurocirurgia, permitindo o diagnóstico dos tumores cerebrais e o diagnóstico e tratamento do aneurisma cerebral e da MAV (malformação arteriovenosa). No dia 14 de março de 1939, sofreu um atentado no seu consultório, por parte de um doente mental de 28 anos, numa crise de paranóia, que o alvejou com oito tiros, dos quais cinco o atingiram na mão direita, no tórax e na coluna vertebral. Apesar da gravidade dos ferimentos recuperou por completo, sem qualquer sequela física, ao contrário do que algumas vezes se tem escrito. Foi três vezes indicado ao prémio Nobel por esta descoberta (1928,1929,1930). Inventor do procedimento neurocirúrgico denominado leucotomia pré-frontal, que possibilitou o surgimento da psicocirurgia, por esta última descoberta foi galardoado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1949, pela descoberta da leucotomia pré-frontal (lobotomia), partilhado com o fisiologista suíço Walter Rudolf Hess. Foi autor de publicações como "Alterações anátomo-patológicas na difteria", 1900, "A neurologia na guerra", 1917, "Júlio Diniz e a sua obra, 6 edições", 1924, "O Padre Faria na história do hipnotismo", 1925, "Die cerebrale Arteriographie und Phlebographie", 1940, "Como cheguei a realizar a leucotomia pré-frontal", 1948, entre outras obras.

1926 - O general Óscar Carmona toma posse das novas funções, a título interino à Presidência, no âmbito da Ditadura Nacional saída do Golpe de 28 de maio de 1926 e, enquanto não for eleito o titular do cargo de Presidente da República. A cerimónia realiza-se no Palácio do Congresso. Apesar de ser um período bastante conturbado do ponto de vista político, com diversas tentativas de reinstaurar a democracia parlamentar, Óscar Carmona mantém-se no poder, e apesar de ser por muitos considerado um líder com falta de carisma, não deixa de ser um factor de união no seio das Forças Armadas, e como tal garante de estabilidade da Ditadura Militar. Foi o 11.º Presidente da República Portuguesa no período de 1926 a 18 de abril de 1951.


 
1935 - O poeta Fernando António Nogueira Pessoa é internado no Hospital de S. Luis dos Franceses, vítima de uma crise hepática. Viria a falecer no dia seguinte dia 30 de novembro com 47 anos.

2004 - O Grande Prémio EDP de Artes Plásticas é atribuído ao poeta, escritor e artista plástico Mário Cesariny.

2005 - Morre Manuel de Brito (Rio de Janeiro, Brasil, 1928 – Lisboa, Portugal, 29 de novembro de 2005), aos 77 anos. Foi um dos primeiros e maiores galeristas e livreiros portugueses do século XX. Em 1964 abriu em Lisboa a "Galeria 111", que teria sucursal no Porto em 1971. Ao longo da vida, reuniu cerca de 2000 obras de arte, desenho, pintura e escultura, uma das maiores e mais importantes colecções do país. Um ano depois do seu falecimento, o seu património ficou exposto no renovado Palácio dos Anjos, em Algés, no Centro de Arte – Colecção Manuel de Brito, fruto de um protocolo celebrado entre a família do galerista e a Câmara Municipal de Oeiras. Manuel de Brito assumiu em Portugal um papel preponderante como agente cultural sobretudo após a queda da ditadura, em consequência da Revolução dos Cravos. É uma figura singular na cultura portuguesa da segunda metade do século e uma personalidade única da vida cultural de Lisboa. Foi agraciado entre muitos com o grau de Comendador da Ordem da Liberdade pelo presidente António Ramalho Eanes em 1985, a Medalha de Mérito – Grau Ouro pela Câmara Municipal de Oeiras em 1988, a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique pelo presidente Jorge Sampaio em 2005.

 
 
2008 - O escritor português António Lobo Antunes recebe, na cidade mexicana de Guadalajara, o Prémio Literatura em Línguas Romances 2008, no primeiro dia da XXII Feira Internacional do Livro, que tem Itália como país convidado.

2016 - O Orçamento do Estado para 2017 é aprovado em votação final global com os votos favoráveis dos partidos PS, BE, PCP, PEV e PAN e os votos contra dos partidos PSD e do CDS-PP.
 
2017 - Morre Belmiro Mendes de Azevedo (Marco de Canaveses, Tuias, Portugal, 17 de fevereiro de 1938 – Porto, Portugal, 29 de novembro de 2017), aos 79 anos. Foi um empresário e industrial português, durante décadas líder do grupo Sonae. Ainda como estudante, Belmiro de Azevedo entrou para a Efanor (Empresa Fabril do Norte), uma das maiores empresas têxteis da região Norte, localizada na Senhora da Hora. Pouco depois, porém, é convidado a ingressar na empresa de madeiras Sonae (Sociedade Nacional de Estratificados). Viria a assumir o controlo desta empresa em 1974, contra os herdeiros de Afonso Pinto de Magalhães, fundador da empresa, com quem teve um polémico conflito judicial. Em 1975, nos Estados Unidos, obteve um diploma de especialização em Gestão de Empresas, na Universidade Harvard, e, uma década depois, em 1985, diplomou-se no Financial Management Program da Universidade Stanford. Em paralelo com a actividade empresarial, criou, em 1991, a Fundação Belmiro de Azevedo, que desenvolve a política de mecenato da empresa, nas áreas da Educação, das Artes, da Cultura e da Solidariedade. Já sob o seu comando, a Sonae estendeu a sua actividade a novas áreas como a dos hipermercados (Continente e Modelo), a das comunicações (jornal Público) e a das telecomunicações (Optimus, actual NOS). Posteriormente, o grupo procurou expandir-se internacionalmente e apostou no retalho especializado (Bonjour, Vobis, Worten, Sport Zone, etc.). A partir de 1985, a Sonae passou a ser cotada na Bolsa de Valores e Belmiro torna-se accionista maioritário do grupo. Belmiro de Azevedo tornou-se, em 2006, no único português a figurar na famosa lista da revista "Forbes", com um fortuna avaliada em 1,6 mil milhões de euros. Considerado durante alguns anos o cidadão mais rico de Portugal, foi Presidente do Conselho de Administração do grupo Sonae. Sua fortuna, que em 2007 era estimada em 3 mil milhões de euros, o que ainda lhe dava a liderança entre as fortunas do país, caiu mais de 50% em dois anos, passando para 1,4 mil milhões de euros em 2009.

 
 








 
No Mundo

1612 - Primeiro dia da Batalha de Suvali na costa de Suvali, numa aldeia perto da cidade de Surate, Guzarate, Índia. Nesta batalha confrontaram-se quatro galeões da Companhia Britânica das Índias Orientais contra quatro naus e 26 barcas portuguesas (barcos a remo sem armamento). Os ingleses saíram vitoriosos desta pequena batalha em 30 de novembro, que marca o início do fim do monopólio português na Índia e o começo da ascensão da presença da Companhia Britânica das Índias Orientais na Índia.


 
1633 - Vicente de Paulo e Luísa de Marillac fundam a Companhia das Filhas da Caridade. Será a primeira congregação religiosa feminina católica a ter vida apostólica, até então existia, para as freiras, apenas a vida claustral. O carisma fundamental das Filhas da Caridade é o serviço aos pobres: nos hospitais, nas escolas, nas paróquias, nos campos de batalha, aos doentes mentais, às crianças abandonadas, às mulheres marginalizadas, às pessoas idosas, e outros.

1877 - Primeira demosntração pública do fonógrafo por Thomas Edison. O fonógrafo foi anunciado por Thomas Edison em 21 de novembro de 1877, aparelho este usado para a gravação e reprodução de sons, consistia num cilindro coberto por uma folha de estanho onde eram gravados os sulcos através de uma agulha acoplada a um diafragma. Foi o primeiro aparelho capaz de gravar e reproduzir sons.


 
1899 - O suíço Joan Gamper e mais 11 homens jogadores de futebol, suíços, ingleses e catalães fundam o Foot-ball-Club de Barcelona, durante uma reunião no Gimnasio Sole. Onze jogadores participaram: Walter Wild, Lluís d'Osso, Bartomeu Terradas, Otto Kunzle, Otto Maier, Enric Ducal, Pere Cabot, Carles Puyol, Josep Llobet, John Parsons e William Parsons. Como resultado, o Foot-Ball Club Barcelona nasceu de forma cosmopolita, que paradoxalmente lhe caracterizaria juntamente com o espírito catalão, que o clube só exaltaria mais tarde. Mundialmente conhecido hoje como Futbol Club Barcelona ou Barça. Está hoje de Parabéns nos seus 119 anos.

1924 - Morre Giacomo Puccini (Lucca, Toscana, Itália, 22 de dezembro de 1858 - Bruxelas, Bélgica, 29 de novembro de 1924), aos 65 anos. Foi um compositor de óperas italiano, as suas óperas estão entre as mais interpretadas actualmente, entre essas estão "La bohème", "Tosca", "Madama Butterfly" e "Turandot". Algumas das árias das suas óperas, como "O Mio Babbino Caro" de Gianni Schicchi, "Che gelida manina" de "La bohème" e "Nessun dorma" de Turandot tornaram-se parte da cultura popular. Descrito como "um dos maiores expoentes das óperas realistas", ele é lembrado como um dos últimos maiores compositores opera italianos. O seu repertório é essencialmente feito pelo verismo, ou pela tradição operística e estilo literário pós-românticos. Enquanto o seu trabalho é essencialmente baseado nas óperas italianas tradicionais do fim do século XIX, a sua música mostra algumas influências dos compositores contemporâneos e do movimento impressionista e de Igor Stravinsky. Os temas mais comuns das suas óperas incluem um fim trágico, heroínas e o amor. Embora Puccini seja conhecido pelas suas óperas, ele também escreveu algumas peças orquestrais, música sacra, música de câmara e canções para voz e piano. Foi autor de uma infinidade de óperas e trabalhos musicais.

1929 - Richard Evelyn Byrd Jr, tenente da marinha norte-americana, efectua o primeiro vôo sobre o Pólo Sul com um modelo de avião Fokker "Super Universal", o NC 4453 denominado "The Virginia".
 


1932 - Nasce Jacques René Chirac (Paris, França, 29 de novembro de 1932). Virá a ser um político francês filiado à UMP. Foi primeiro-ministro da França, de 1974 a 1976 e de 1986 a 1988. Foi também o vigésimo segundo presidente da França, de 1995 a 2007. Como presidente, foi também co-príncipe de Andorra, por inerência. Jacques Chirac deixou a Presidência da França no dia 16 de maio de 2007, após 12 anos de governo. Está hoje de Parabéns!
 
 
 
 1945 - A Jugoslávia torna-se um Estado comunista instituído na clandestinidade em Jajce, como a Federação Democrática da Jugoslávia com Joseph Tito como presidente. O rei Pedro II, ainda no exílio foi deposto pela Assembleia Constituinte da Jugoslávia. No entanto, ele recuso-se a abdicar do trono.
 
1947 - A ONU aprova o plano de divisão da Palestina em dois territórios, um judaico e outro palestiniano, dando origem ao Estado de Israel, no ano seguinte.

1962 - A França e o Reino Unido estabelecem o acordo para a construção do avião supersónico denominado Concorde. A assinatura do acordo foi feita pelo embaixador da França em Londres Geoffroy De Courcel e o ministro da Aviação Britânica Sir Julian Amery.



1965 - Lançamento do satélite Alouette 2 pela Agência Espacial Canadiana. Lançado por um foguete Thor-Agena juntamente com o satélite Explorer 31 a partir da Base da Força Aérea de Vandenberg, na Califórnia. O Alouette 2 foi usado para o estudo da ionosfera, uma área da atmosfera superior onde orbitariam futuros satélites. A missão do Alouette 2 durou dez anos antes de ser desligado, permanecendo em órbita.

1968 - Há 50 anos a ONU condena de novo a política colonial portuguesa que considera "uma ameaça grave à paz e à segurança internacionais".

1972 - A companhia Atari anuncia o lançamento do Pong, o primeiro jogo electrónico lucrativo da história, dando origem a um novo sector da indústria. Não possuía grafismos espetaculares ou dificuldades de jogo, mas foi de importância fundamental na história dos jogos electrónicos e dos videojogos. Foi criado por Nolan Bushnell e Ted Dabney na forma de uma consola ligada a um monitor, accionado com moedas. A primeira instalação num bar de São Francisco, Califórnia, mostrou aos dois a possibilidade de lucro da criação. Quando mais tarde este jogo electrónico é comercializado em Portugal a nível doméstico, foi apelidado de TV Brinca.


 
1973 - A Cimeira Árabe aprova a resolução para o embargo de petróleo a Portugal. Em causa estava a guerra colonial em África.

1981 - Morre Natalie Wood, nome de baptismo Natalia Nikolaevna Zakharenko (São Francisco, California, EUA, 20 de julho de 1938 - Ilha de Santa Catalina, California, EUA, 29 de novembro de 1981), aos 43 anos. Foi uma actriz norte-americana que se estreou em 1943, com apenas quatro anos no filme "Happy Land". Três anos depois, ela apareceu em "Tomorrow Is Forever". Em 1947 filmou "Miracle on 34th Street", considerado até hoje um clássico. Como actriz infantil, Natalie Wood permaneceu muito activa, aparecendo em nada menos do que 18 filmes, do final dos anos 1940 ao início dos anos 1950. Nem todos os filmes em que ela participou fizeram sucesso. Pelo menos dois, "Scudda Hoo! Scudda Hay!", de 1948, e "The Silver Chalice", de 1954, e onde contracenou com Paul Newman, foram considerados fracassos. Em 1955, com 17 anos, fez sucesso no lendário filme "Rebel Without a Cause", com James Dean e Sal Mineo. O papel de Judy, neste filme, garantiu-lhe a primeira indicação ao Oscar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood e este foi o momento que marcou o seu desenvolvimento como actriz adulta. Depois de filmar "This Property Is Condemned" em 1966, Natalie Wood afastou-se do cinema durante três anos, dando a si mesma um tempo e também para decidir para onde queria seguir. Quando voltou a filmar, em 1969, fez o papel de Carol Sanders em "Bob, Carol, Ted e Alice". A partir daí não fez mais filmes, preferindo passar a maior parte do tempo dedicada à família. Fez algumas poucas aparições na televisão, mas nada muito excepcional. Em 1981, depois de filmar "The Last Married Couple in America", Natalie Wood começou as filmagens de "Projecto Brainstorm", com Christopher Walken. Mas ela não viveu para ver o filme pronto. Morre afogada num acidente misterioso, em novembro daquele ano, enquanto navegava num iate com o marido Robert Wagner e com o amigo Christopher Walken.

 
1985 - Entra em vigor o acordo entre Londres e Dublin, que concede à República irlandesa um papel consultivo formal no governo da província britânica da Irlanda do Norte.

1986 - Morre Cary Grant, nome artístico de Archibald Alexander Leach, (Bristol, Reino Unido, 18 de janeiro de 1904 - Davenport, Iowa, EUA, 29 de novembro de 1986), aos 82 anos. Foi um actor norte-americano nascido na Inglaterra. A sua carreira artística começou em 1932, no obscuro musical "Esposa Improvisada", mas a primeira grande oportunidade chegaria com o realizador Josef von Stenberg, que o escolheu para fazer par com Marlene Dietrich em "Blond Venus". Em seguida, participou em cerca de vinte filmes até chegar ao estrelato em 1935, com o filme "Sylvia Scarlett", ao lado de Katharine Hepburn. A fama internacional seria conquistada em 1946, quando actuou ao lado de Ingrid Bergman no filme de Alfred Hitchcock, "Notorious", fama consolidada em 1957 com "An Affair to Remember". Ele foi indicado duas vezes ao Oscar nos anos 40 pelos filmes "Penny Serenade", 1941, e o filme "None but the lonely heart", 1944, mas, por ser um dos primeiros actores independentes dos grandes estúdios, não obteve o prémio durante os seus anos de actividade. O actor encerrou a sua carreira no cinema em 1966 com o filme "Walk, Don't Run", pois segundo ele, estava velho para interpretar papéis principais e os seus fãs não aceitariam vê-lo como actor secundário. Somente em 1970 a Academia lhe deu um Oscar pela sua vasta carreira de actor. Dos filmes onde participou destaque para "Blonde Venus", 1932, "Devil and the Deep", 1932, "The Bachelor and the Bobby-Soxer", 1947, "The Pride and the Passion", 1957, "Walk, Don't Run ", 1966, documentário "Elvis: That's the Way It Is", 1970, entre muitos outros.
 

 
1989 - Na Revolução de Veludo na Checoslováquia, Vasil Mohorita, dirigente do Partido Comunista, promete eleições livres, no prazo de um ano.

1990 - O Conselho de Segurança da ONU aprova a resolução 678 que autoriza o recurso à força para obrigar o Iraque a retirar do Kuwait, até 15 de janeiro.

2001 - Morre George Harrison, (Liverpool, Reino Unido, 25 de fevereiro de 1943 – Los Angeles, Clifórnia, EUA, 29 de novembro de 2001), aos 58 anos. Foi um guitarrista, cantor, compositor, produtor musical e cinematográfico inglês que obteve fama internacional como guitarrista do grupo The Beatles, do qual foi cofundador. Geralmente chamado de "o Beatle quieto", George Harrison aderiu ao hinduísmo e ajudou a ampliar os horizontes dos outros membros do grupo The Beatles assim como o seu público ocidental ao incorporar instrumentos indianos na música do grupo. Embora a maioria das canções da banda fossem escritas por John Lennon e Paul McCartney, a maioria dos álbuns dos The Beatles, a partir de 1965, continham, pelo menos, duas composições de George Harrison. As suas músicas para o grupo incluem "Taxman", "Within You Without You", "While My Guitar Gently Weeps", "Here Comes the Sun" e "Something". Esta última tornou-se a segunda música mais regravada dos The Beatles. George Harrison envolveu-se em activismos humanitários e políticos ao longo da sua vida. Nos anos 1960, os The Beatles apoiaram o movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos e protestaram contra a Guerra do Vietname. George Harrison viria a ficar ligado a muitas outras actividades humanitárias. Num esforço conjunto entre a família George Harrison e o Fundo dos EUA para a UNICEF, visa apoiar programas que ajudem crianças envolvidas em emergências humanitárias.


 
2002 - A justiça indonésia absolve o antigo comandante militar de Díli, Endar Priyanto dos crimes cometidos em Timor-Leste.

2003 - Sete agentes dos serviços de informações de Espanha são mortos numa emboscada ao sul de Bagdad, no Iraque.

2006 - O papa Bento XVI no segundo dia da sua visita à Turquia, celebra a primeira missa num país muçulmano, a celebração ocorreu na igreja da Virgem Maria, perto das ruínas da mítica cidade de Efeso (oeste).
 

 
2007 - Os ministros dos Transportes e das Telecomunicações da União Europeia aprovam o projecto de sistema de navegação por satélite Galileo, com o voto contra da Espanha.

2008 - Morre Jørn Utzon (Copenhagua, Dinamarca, 9 de abril de 1918 - Copenhagua, Dinamarca, 29 de novembro de 2008), aos 90 anos. Foi um arquitecto dinamarquês, radicado na Finlândia, onde trabalhou com Alvar Aalto. Jørn Utzon tornou-se conhecido pelo projecto da Sydney Opera House, na Austrália. Jørn Utzon recebeu o Prémio Pritzker de 2003 pela criação da Sydney Opera House, segundo o júri, um dos mais icónicos edifícios do século XX.
 
2011 - O médico pessoal do cantor Michael Jackson, Conrad Murray, é condenado a quatro anos de prisão por homicídio involuntário do cantor, a 25 de junho de 2009.

 
 
2012 - A Assembleia Geral da ONU aprova uma resolução para a elevação do estatuto da Palestina a Estado observador não-membro. A resolução é aprovada com 138 votos a favor, nove votos contra e 41 abstenções.

2014 - Confrontos entre manifestantes pró-democracia e polícia, em Hong Kong, resultam em dez feridos e 28 detidos, após quatro noites de tensão no bairro de Mong Kok.

2016 - Queda de avião do vôo 2933 da empresa boliviana LaMiapor, por volta das 00h30 na região montanhosa de El Gordo, a 35 quilómetros do Aeroporto Internacional de Medellin, na Colômbia. Morrem 76 pessoas e cinco sobrevivem ao desastre. O aparelho fazia um vôo 'charter' com 81 pessoas a bordo, incluindo a equipa de futebol brasileira Chapecoense Real, que ia disputar a final da Taça Sul-Americana com uma equipa colombiana.
 
 








 
Texto:
Paulo Nogueira