sábado, 28 de julho de 2018

IMAGENS COM HISTÓRIA


"Uma imagem vale mais que mil palavras"
   Confúcio


Desde que a humanidade conseguiu retratar através de imagens nos mais diversos suportes, os momentos históricos quer de guerras, dramas sociais, conquistas e até as situações mais bizarras da vida, estavam por si só a criar a base de dados com os registos e as provas concretas da sua própria história para as gerações vindouras e a posteridade. Com isto surge o poder da imagem. Processo esse que se valorizou cada mais até à actualidade, com o objectivo de manter essa base de dados, sempre actualizada a cada acontecimento e dia que passa.




Foto invulgar do acidente com o comboio Expresso Paris-Granville da companhia dos Chemins de fer de l'Ouest, rebocado pela locomotiva nº 721, na Gare Montparnasse em 22 de outubro de 1895. O comboio que saiu de manhã de Granville com destino a Paris, com 131 passageiros a bordo. Aparentemente, o maquinista da locomotiva Guillaume Marie Pelerin, não travou a tempo ao chegar ao interior da estação e embateu contra os bloqueios de fim de linha, arrastando-os cerca de trinta metros, embatendo depois na parede exterior do edifício e saltando para fora da estação, a uma distância de cerca de dez metros na praça de Rennes, ficando a locomotiva pendurada a 12 metros de altura e apoiada na ponta dianteira no solo do exterior. Todos os passageiros do comboio que acabara de chegar sobreviveram. O maquinista deste comboio que tinha 19 anos de experiência, foi condenado a dois meses de prisão e a uma multa de 50 milhões de francos. Cinco pessoas ficaram feridas e a única vitima fatal foi Marie-Augustine Aguilard, uma senhora, que estava numa banca de jornais e foi atingida por os destroços da parede do edifício da estação. Durante quatro dias a locomotiva ficou como estava após o acidente, até ser retirada. Somente o átrio da estação e uma parte da fachada foi destruída. Foi considerado um dos acidentes ferroviários mais incomuns da história ferroviária francesa.
 
 

 
 
 
Nesta foto algo curiosa e polémica em 30 de junho de 1922, o agente de polícia Bill Norton mediu a distância entre o joelho e o fato de banho das banhistas na praia Tidal Basin, em Washington, depois de ordens dadas pelo coronel Sherrill da Superintendent of Public Buildings and Grounds, em que foi ordenado que os trajes de banho não estivessem a mais de quinze centímetros acima do joelho. Isto para que as jovens ficassem decentes enquanto desfrutavam de seu mergulho de verão. Preocupações puritanas de outros tempos.
 
 

 
 
A imagem impressionante da menina correndo nua com queimaduras no corpo, logo após uma bomba de líquidos inflamáveis, Napalm, ser lançada pelo exército norte-americano sobre um pequena aldeia, chocou a opinião mundial, durante a Guerra do Vietnam em 8 de junho de 1972. A fotografia foi tirada por Huynh Cong Ut da agência Associated Press e recebeu o World Press Photo de 1972 e o prémio Pulitzer de Reportagem Fotográfica de 1973. A criança na época com cerca de 9 anos, de seu nome Phan Thị Kim Phúc, também conhecida como Kim Phúc. A realidade da imagem trouxe contornos mais humanos para o olhar sobre o conflito e foi o "rastilho" para que a população norte-americana pressionasse o fim da invasão. O que finalmente, aconteceu em 1973, o então presidente Richard Nixon assinou o acordo de paz entre os Estados Unidos e os vietnamitas. Phan Thị Kim Phúc é a embaixadora da Boa Vontade da UNESCO e reside actualmente no Canada.




 
O capitão de Cavalaria, Salgueiro Maia dispensou as botas de cano alto, a boina preta, os óculos Ray-Ban, para a "Operação Fim-Regime" e vestiu uma farda de trabalho nº 3 igual à dos homens que comandava. Quis dizer-lhes, acredita quem esteve com ele no golpe, que todos arriscavam igualmente a vida por uma causa, o derrube da ditadura, e não por um qualquer feito heroico. Foi na manhã do dia 25 de abril de 1974, ocorreu na Rua do Arsenal a primeira escaramuça entre os militares revoltosos e os do regime. Porém, foi na Avenida da Ribeira das Naus que teve lugar a situação mais complicada. No Terreiro do Paço o capitão concluiu, pelas 10:45 da manhã, que o golpe tinha vencido. Foi quando enfrentou um blindado M47, dono de um poder de fogo demolidor. Sozinho e com uma granada no bolso (se fosse preso far-se-ia explodir, criando um mártir e talvez levando ao ganho de causa por essa via), gritava para a Rua Ribeira das Naus, onde o tanque se encontrava: "O comandante das forças venha dialogar comigo!" Esse oficial, brigadeiro Junqueira Reis, 2.° governador militar de Lisboa, respondeu: "Não, venha você cá!" E Salgueiro Maia: "Não não, venha cá o senhor." Até que Junqueira Reis, segundo uma das versões, se virou para o alferes que comandava a tripulação do M47 e ordenou: "Dispare sobre aquele homem." A ordem foi desobedecida e o brigadeiro deu voz de prisão ao alferes, que saiu da torre e seguiu detido num jipe da Polícia Militar. Logo após, Junqueira Reis repetiu a ordem ao cabo apontador do blindado: "Dispara!" Fê-lo por duas vezes e em ambas seria de novo desobedecido, permitindo que Salgueiro Maia e os seus homens controlassem o Terreiro do Paço e avançassem em direcção ao Largo do Carmo, onde se encontrava Marcello Caetano. Nessa manhã de abril, o momento derradeiro deste episódio, foi captado pela camara do fotógrafo português Eduardo Gageiro. Era o princípio do fim de um regime de ditadura fascista de 41 anos em Portugal.



 
 
 
A dispersão do protesto de Tian'anmen em 5 de junho de 1989, ficou simbolizada nos meios de comunicação ocidentais pela fotografia de um manifestante solitário, denominado "O Rebelde Desconhecido", também conhecido como "O Homem dos Tanques". Foto e imagem em vídeo durante os protestos repercutida em todo o mundo durante as revoltas na praça Tianamen. Várias fotografias foram tiradas do homem, que ficou em pé em frente a uma coluna de tanques chineses Type 59, forçando-os a parar. O homem de pé, frente a uma coluna de tanques, detendo seu avanço. O homem continuou desafiante, encarando os tanques durante um longo período de tempo, antes de ser expulso daquele lugar. Apesar dos esforços, até hoje os meios de comunicação ocidentais foram incapazes de identificar a figura solitária. Uma das fotos mais reproduzidas foi a tirada por Jeff Widener da Associated Press, da sacada do Beijing Hotel, a cerca de 800 metros da cena. Widener estava ferido e gripado na ocasião. Embora ele tivesse achado que suas fotografias não tivessem sido boas, as imagens foram rapidamente reproduzidas pelo mundo. Pouco depois do incidente, o diário britânico Sunday Express identificou o homem rebelde desconhecido como sendo Wang Weilin, um estudante de 19 anos de idade; entretanto, a veracidade dessa identificação é duvidosa. Bruce Herschensohn, assistente especial do presidente dos Estados Unidos Richard Nixon e membro da equipe de Ronald Reagan, assegurou que ele foi executado catorze dias depois da revolta, por um pelotão de fuzilamento. No entanto Jan Wong escreveu que esse homem segue com vida e está escondido na área rural da China. William Bell, escritor canadiano, assegura que o estudante se chamava Wang Aimin e foi executado em 9 de junho. Ficou assim um mistério sobre quem era este "Rebelde Desconhecido".
 
 


 
 
Durante os atentados de 11 de setembro de 2001 foram uma série de ataques terroristas suicidas cometidos naquele dia nos Estados Unidos por membros da rede jihadista Al Qaeda, mediante o sequestro de aviões de linha com a finalidade de choca-los em vários alvos, causando a morte de cerca de 3000 pessoas, mais de 6000 feridos, a destruição do World Trade Center em Nova York e danos graves ao Pentágono. Os ataques foram cometidos por dezanove membros da rede jihadista Al-Qaeda, divididos em quatro grupos de sequestradores, tendo cada um deles um terrorista piloto responsável por pilotar o avião, após a redução da tripulação da cabine. Os aviões dos vôos 11 da American Airlines e 175 da United Airlines foram os primeiros a ser sequestrados, sendo ambos colididos contra as torres gémeas do World Trade Center. Mundo nunca mais seria o mesmo.
 
 
 
 
 
 
Texto:
Paulo Nogueira
 
 

terça-feira, 17 de julho de 2018

EFEMÉRIDES do dia 17 de julho

Dia Mundial Contra a Seca e a Desertificação
De entre os santos dedicados a este dia, destaque para São Clemente de Ochrida. (c. 840, Cutmichevitsa, Império Búlgaro, actual República da Macedónia - 27 de julho de 916, Ocrida, Império Búlgaro, actualmente na República da Macedónia). Também conhecido como "o Búlgaro", e todos os títulos são apropriados, porque durante a sua vida religiosa conviveu muito tempo com esse povo, deixando marcas profundas da sua presença na Bulgária. Pouco se sabe sobra a sua origem, nascimento e juventude. No século IX, o príncipe da Moravia solicitou ao imperador de Constantinopla que lhe enviasse evangelizadores de origem germânica. Tinha a intenção de ampliar a cristianização da população, mas não queria os missionários "latinos" que eram diferentes dos "germânicos" nos rituais litúrgicos. Foram então enviados os irmãos Cirilo e Metódio, ambos germânicos, no futuro conhecidos como os "apóstolos do Oriente". Os dois irmãos levaram alguns colaboradores, um deles era Clemente. Como era muito culto e aplicado tornou-se o colaborador directo de Metódio, na adaptação da liturgia do Oriente para as populações daquela região. Clemente fez inúmeras viagens com os dois apóstolos por todo o leste europeu, sendo um discípulo fiel na pregação do Cristianismo. A evangelização do leste europeu era marcada pela rivalidade gerada com divisão entre evangelizadores "latinos" e "germânicos". Tanto assim, que o próprio Clemente teve de se afastar de uma cidade, porque um Bispo não aceitava os "ritos germânicos". Por isto, Clemente decidiu seguir para a Bulgária, onde além de refúgio encontrou um novo campo de acção. Trabalhou na simplificação do novo alfabeto para facilitar os estudos. Também, converteu à fé cristã o próprio rei, que deixou o trono tendo-se retirado para um mosteiro. Os outros dois reis sucessores encorajam a obra missionária, e Clemente foi nomeado "primeiro bispo de língua búlgara" para comandar a principal diocese. Porém, Clemente tinha sempre o pensamento voltado para a querida cidade de Ochrida, onde havia construído uma escola que também era um mosteiro. Era lá que pretendia recolher-se na velhice, mas não conseguiu, porque antes deveria pessoalmente escolher, instruir e formar o Bispo substituto. No dia 27 de julho de 916 ele faleceu na cidade de Velika. O seu corpo foi sepultado no mosteiro de Ochrida, onde o seu túmulo passou a ser visitado e venerado pela população. Em alguns lugares, por tradição popular, costuma ser lembrado no dia 25 de novembro. A Igreja Católica proclamou-o Santo e escolheu o dia da sua morte, 27 de julho, para as homenagens litúrgicas.
 




 



Em Portugal
 
 
1381 - Durante a designada terceira guerra fernandina, a armada portuguesa sofre uma pesada e decisiva derrota frente à armada castelhana na Batalha da ilha de Saltes ou Batalha de Saltes, travada perto de Huelva. A batalha desenvolveu-se fundamentalmente em águas próximas da ilha de Saltes, na ria de Huelva, Andaluzia, Espanha. A frota castelhana comandada por Fernando Sánchez de Tovar infligiu uma derrota decisiva à frota portuguesa comandada por João Afonso Telo, que resultou na destruição do poder ofensivo naval de Portugal e na afirmação da supremacia naval castelhana no oceano Atlântico.



1665 - Batalha de Montes Claros durante a Guerra da Restauração, onde o exército português impõe uma pesada derrota às forças espanholas.

1834 - Lisboa estabelece o regulamento dos serviços de incêndio e cria a primeira Companhia de Bombeiros do concelho.

1859 - Morre Estefânia Josefa Frederica Guilhermina Antónia de Hohenzollern-Sigmaringen em alemão: Stephanie Josepha Friederike Wilhelmine Antonia von Hohenzollern-Sigmaringen (Krauchenwies, actual Alemanha, 15 de julho de 1837 - Lisboa, Portugal, 17 de julho de 1859), aos 22 anos. Foi a rainha consorte de Pedro V de Portugal. Após o seu casamento com o rei de Portugal D. Pedro V, ela juntamente com o marido, fundou diversos hospitais e instituições de caridade, o que lhe granjeou uma grande aura de popularidade entre os portugueses de todos os quadrantes políticos e sociais. Decorrido pouco tempo depois do seu casamento, a rainha faleceu vítima de difteria. A doença teria sido contraída durante uma visita a Vendas Novas. A morte de D. Estefânia deixou grandemente consternado não só o rei, como também o povo em geral, que por ela desenvolvera um grande afecto. Devido à sua morte precoce, o casal não teve filhos.
 


1877 - É fundado o que virá a ser o Hospital de D. Estefânia, em Lisboa, no aniversário de morte de D. Estefânia, mas só em 1860, D. Pedro V ordenou, em homenagem à sua falecida esposa, a edificação do Hospital da Bemposta (nome antigo), que só ficaria pronto sete anos depois, durante o reinado de seu irmão, D. Luiz I.
 
1886 - Nasce António José de Almeida (São Pedro de Alva, Vale da Vinha, Portugal, 17 de julho de 1866 - Lisboa, Portugal, 31 de outubro de 1929). Virá a ser um político republicano português, sexto presidente da República Portuguesa, cargo que exerceu de 5 de outubro de 1919 a 5 de outubro de 1923. Foi o único presidente da Primeira República Portuguesa a cumprir integralmente e sem interrupções o seu mandato de 4 anos, tendo com ele Portugal retornado a uma presidência civil. A data do seu nascimento é feriado municipal em Penacova.
 
1888 - Há 130 anos dá-se a conclusão da linha de caminho de ferro do Oeste da Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses, com a abertura do troço Leiria-Figueira da Foz.
 


1919 - Nasce João José de Mello Cochofel Aires de Campos (Coimbra, Portugal, 17 de julho de 1919 - 1982). Virá a ser um poeta, ensaísta, e crítico literário e musical português, fez parte do núcleo neorrealista de Coimbra. Licenciado em Ciências Histórico-Filosóficas pela Faculdade de Letras de Coimbra. Vem a integrar a considerada 1.ª fase do neo-realismo português, tendo colaborado com críticas e crónicas em jornais e revistas, como Cadernos de Juventude, Altitude, Seara Nova, O Diabo, Sol Nascente, Vértice, órgãos privilegiados para a divulgação de textos literários e programáticos filiados numa estética neo-realista. Dirigiu a Gazeta Musical e de Todas as Artes, entre 1958 e 1962, e o Grande Dicionário da Literatura Portuguesa e da Teoria Literária. A sua poesia tem merecido, pelo seu depuramento, pelos conflitos íntimos que exprime. Foi autor entre outras obras de "Instantes", 1937, "Búzio", 1940, "Sol de Agosto", 1941, "Descoberta", 1945, "Iniciação Estética", 1958, " 46.° Aniversário", 1966, "Uma Rosa no Tempo", 1970, direc. Grande Dicionário da Literatura Portuguesa e da Teoria Literária, s/l, 1977, "Críticas e Crónicas", 1982.

1947 - Estreia profissional do actor Ruy de Carvalho, no Teatro Nacional na companhia Rey Colaço-Robles Monteiro, na peça "Rapazes de Hoje", de Roger-Ferdinand.
 
 
 
1973 - Marcello Caetano, presidente do Governo português, decide "travar" o processo de liberalização que afirma ter encetado em 1968-69.
 
1978 - Há 40 anos um túnel de 50 metros, com luz e ventilação, serve para a fuga de 124 reclusos de Vale de Judeus, em Alcoentre, considerada uma das prisões mais seguras da Europa.

2001 - É atribuído o Grande Prémio de Crónica da APE a Mário Cláudio, pelo livro "A Cidade no Bolso".
 


2002 - Patrício Silva e Pedro Gomes, professores da Faculdade de Medicina do Porto e investigadores do Instituto de Farmacologia e Terapêutica, recebem o Prémio Gulbenkian de Ciência.

2003 - É inaugurado o bloco operatório central, no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.

2004 - Toma posse o XVI Governo Constitucional de Pedro Santana Lopes.
 

2006 - A Autoridade Nacional das Comunicações renova as licenças de emissão dos canais de televisão SIC da TVI.
 
2006 - Portugal passa a integrar o Comité Científico Internacional de Investigação da Antártida.

2007 - Carlos Varandas, professor Catedrático do Instituto Superior Técnico, é nomeado por unanimidade em Barcelona, presidente do Conselho de Administração do consórcio europeu para o projecto ITER, a maior experiência mundial de fusão nuclear.
 




 
 


No Mundo


1099 - Massacre da população muçulmana de Jerusalém, conquistada dois dias antes pelos cruzados da então designada Primeira Cruzada.
 

 
1566 - Morre Bartolomeu de las Casas (Sevilha, Andaluzia, Espanha, 1474 - Madrid, Espanha, 17 de julho de 1566), aos 92 anos. Foi um frade dominicano espanhol, cronista, teólogo, bispo de Chiapas (México) e missionário, defensor dos indígenas do Novo Mundo. Terminou os estudos em Roma onde se ordenou sacerdote em 1507. Em 1536, transferiu-se para a Guatemala, para continuar a pregação e pôr, em marcha, um projecto de conquista pacífica que batizou de "Vera Paz". Entre 1537-1538, conseguiu cristianizar a zona de modo pacífico, substituindo a encomienda por um tributo pago pelos índios. Regressou em 1540 à Espanha, convencido de que era na corte que deveria vencer a batalha em favor dos índios. Foi ouvido em 1542 pelo Conselho das Índias e as suas opiniões causaram profunda impressão ao rei Carlos V. Em 1543, recusou o bispado de Cuzco mas aceitou o de Chiapas, no México, para pôr em prática as suas teorias. Foi consagrado em Sevilha em 1544, aos 70 anos de idade ficando apenas três anos em Chiapas. É considerado o primeiro sacerdote ordenado na América. Em 1547, partiu da América para não mais voltar. Regressou à Espanha, recolhendo-se no convento de São Gregório, em Valladolid, continuando, ali, a defesa dos índios, onde corrigiu e publicou os seus escritos sobre a questão, todos eles se contrapondo à política colonial. Foi autor de inúmeras obras em defesa dos povos indígenas da América do Sul, sendo muito querido do povo mexicano. O seu nome ainda hoje é lembrado como um dos maiores humanistas e missionários da História do Cristianismo.
 
1793 - Durante a Revolução Francesa Charlotte Corday foi guilhotinada por ter assassinado o político Jean-Paul Marat. Durante os seus quatro dias de julgamento, testemunhou que havia realizado o assassinato sozinha.
 
 

1912 - É criada a IAAF - Federação Internacional de Atletismo, com o nome inicialmente de Federação Internacional de Atletismo Amador, por representantes de 17 federações nacionais de atletismo, no seu primeiro congresso realizado em Estocolmo, Suécia.
 
1918 - Há 100 anos o transatlântico RMS Carpathia, famoso por ter resgatado os sobreviventes do naufrágio do Titanic, foi afundado ao largo da costa oriental da Irlanda por um torpedo lançado do submarino alemão U-55.

1918 - Há 100 anos o czar Nicolau II da Rússia, a sua esposa, filhos e quatro criados são assassinados em Ecaterimburgo por membros do Partido Bolchevique, durante a Revolução Russa que rebentara em outubro do ano anterior.
 
 

1936 - Início da Guerra Civil de Espanha com a insurreição das forças instaladas em Melilla, contra o poder republicano.
 
1945 - Durante a II Guerra Mundial, tem início da Conferência de Potsdam, entre os EUA, Reino Unido e URSS. Estiveram presentes Reino Unido: representado por Winston Churchill e posteriormente Clement Attlee, Estados Unidos: representados por Harry Truman, e a União Soviética: representada por Josef Stalin, que chegou à conferência com um dia de atraso. Os objectivos da conferência incluíram igualmente o estabelecimento da ordem pós-guerra, assuntos relacionados com tratados de paz e contornar os efeitos da guerra.
 


1949 - Independência do Laos, dentro da União Francesa.
 
1956 - Primeiros ataques ao Vietname dos bombardeiros norte-americanos B-52.
 
1959 - Morre Eleanora Fagan Gough (Filadélfia, EUA, 7 de abril de 1915 - Nova Iorque, EUA, 17 de julho de 1959), aos 44 anos. Conhecida pelo nome artístico Billie Holiday ou Lady Day, foi uma cantora e compositora norte-americana de jazz. Com uma infância pobre e muito atribulada, Billie nunca teve educação musical, aprendeu ouvindo Bessie Smith e Louis Armstrong. Após três anos cantar em diversas casas, atraiu a atenção do crítico John Hammond, através de quem ela gravou o seu primeiro disco, com a big band de Benny Goodman. Começou a cantar em casas nocturnas do Harlem (Nova York), onde adoptou o seu nome artístico. Consagrou-se apresentando-se com as orquestras de Duke Ellington, Teddy Wilson, Count Basie e Artie Shaw, e ao lado de Louis Armstrong. Billie Holiday foi uma das mais comoventes cantoras de jazz de sua época. Cantou com as big bands de Artie Shaw e Count Basie. Foi uma das primeiras negras a cantar com uma banda de brancos, numa época de segregação racial nos Estados Unidos. É considerada por alguns críticos e músicos do género como a maior de todas as cantoras de jazz. E juntamente com Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan e Dinah Washington é um dos grandes expoentes femininos da história do jazz. A partir de 1940, apesar do sucesso, Billie Holiday, sucumbiu ao álcool e às drogas, passando por momentos de depressão, o que se reflectia na sua voz. De entre alguns exitos da sua autoria destaque para "Billie's Blues" (1936),"Fine and Mellow" (1939), "God Bless the Child" (1941), "Don't Explain" (1944), "Lady Sings the Blues" (1956).
 


1967 - Morre John William Coltrane (Hamlet, Carolina do Norte, 23 de setembro de 1926 - Long Island, Nova Iorque, 17 de julho de 1967), aos 41 anos. Foi um saxofonista e compositor de jazz norte-americano, habitualmente considerado pela crítica especializada como o maior sax tenor do jazz e um dos mais importantes jazzistas e compositores deste género de todos os tempos. Sua influência no mundo da música ultrapassa os limites do jazz, indo desde o rock até a música erudita. Actuou principalmente durante as décadas de 1950 e 1960. Embora tocasse antes de 1955, seus principais anos foram entre 1955 e 1967, durante os quais reformulou o jazz e influenciou gerações de outros músicos. As gravações de Coltrane foram prolíficas: ele lançou cerca de 50 gravações como líder nestes doze anos, e apareceu em outras tantas lideradas por outros músicos. Através de sua carreira, a música de Coltrane foi tomando progressivamente uma dimensão espiritual que iria consagrar seu legado musical. Junto com os saxofonistas tenores Coleman Hawkins, Lester Young e Sonny Rollins, Coltrane mudou as perspectivas de seu instrumento., autor de "Blue Train".
 
1969 - O módulo lunar Apollo 11 da quinta missão espacial tripulada do Programa Apollo, com os astronautas Neil Armstrong, Edwin Aldrin e Michael Collins, entra em órbita lunar.
 


1976 - É homologada a anexação de Timor-Leste pela Indonésia, com base no resultado da assembleia de 31 de maio.

1976 - Começam os Jogos Olímpicos de Montreal e destaca-se a jovem ginasta romena Nadia Comaneci e Carlos Lopes obtém a medalha de prata nos 10.000 metros.
 
1978 - Há 30 anos dirigentes de sete potências industriais, G7, reunidos em Bona, Alemanha, interditam o tráfego aéreo aos países que se recusarem extraditar "piratas do ar".



1979 - Sessão inaugural do primeiro Parlamento Europeu eleito por sufrágio universal, onde pela primeira vez, uma mulher, a francesa Simone Weil, assume a presidência da instituição.
 
1979 - Anastazio Somoza, ditador da Nicarágua, foge para os EUA, com a entrada das forças Sandinistas em Manágua.

1989 - A Áustria pede a adesão à Comunidade Europeia.
 


1992 - A Eslováquia proclama a soberania, consagrando a separação da Checoslováquia.
 
1994 - O Brasil consagra-se tetracampeão Mundial de Futebol, ao vencer a seleção da Itália.
 
1995 - Morre Juan Manuel Fangio (Balcarce, Argentina, 24 de junho de 1911 - Buenos Aires, Argentina, 17 de julho de 1995), aos 84 anos. Foi um automobilista argentino. Juan Fangio venceu o campeonato de pilotos, cinco vezes, um recorde que permaneceu durante 47 anos até ser batido por Michael Schumacher, por quatro equipes diferentes, uma façanha que não foi repetida. É considerado por muitos como um dos maiores pilotos da Fórmula 1 de todos os tempos e detém a maior percentagem de vitórias na Fórmula 1- 46.15% - 24 de 52 corridas de Fórmula 1. Foi único piloto argentino que venceu a Grande Prémio da Argentina, tendo vencido quatro vezes na sua carreira. Após se ter retirado, Juan Fangio presidiu como presidente honorário da Mercedes-Benz Argentina a partir de 1987, um ano após a inauguração do seu museu, até sua morte em 1995.
 
 
 
1996 - É criada a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa que reúne Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e S. Tomé e Príncipe.
 
1996 - Um avião Boeing 747, da companhia norte-americana TWA, com destino a Paris, despenha-se ao largo de Long Island, EUA. Morrem neste acidente 230 pessoas.
 
1998 - Cerimónia fúnebre do Czar Nicolau II e dos restantes membros da família imperial, assassinados durante a revolução bolchevique, realizada na capela de Santa Catarina na Catedral ortodoxa de São Pedro e são Paulo em São Petersburgo, contando com a presença do presidente Boris Yeltsin.
 
 
 
2000 - Começa, em Maputo, a III Cimeira da CPLP. A presidência da organização é assumida pelo Brasil.
 
2000 - A Alemanha subscreve, com países do Leste europeu e o Conselho Mundial Judaico, o acordo para a indemnização das vítimas do regime nazi.


 
2007 - Um avião Airbus da companhia brasileira Tam, com 187 pessoas a bordo, explode ao aterrar no aeroporto de Congonhas, São Paulo, depois de se despistar e chocar com um edifício da empresa, provocando 198 mortos. Uma das vítimas é portuguesa.

2007 - Morre Teresa Stich-Randall (New Hartford, Connecticut, EUA, 24 de dezembro, 1927 - Viena, Áustria, 17 de julho, 2007), aos 79 anos. Foi uma soprano norte-americana, descoberta no final de 1940 por Arturo Toscanini, que a contratou para uma série de apresentações para a NBC Symphony Orchestra em New York. Viajou depois para a Europa como bolsista da Fulbright Scholarship, onde fez o seu nome como cantora. A sua grande estreia europeia aconteceu em Florença, e ganhou um concurso em Lausanne, no ano seguinte. Isto levou-a à Ópera de Basileia, na Suíça ente outros palcos europeus. Era cantora regular da Ópera Estatal de Viena e no Festival de Salzburgo. Cantou no Teatro de São Carlos, em Lisboa, nas décadas de 60 e 70.
 
2008 - O Tribunal Supremo espanhol absolve quatro dos 21 condenados por responsabilidade nos atentados de 11 de março, condenando um outro arguido que tinha sido absolvido e mantendo a absolvição de um dos suspeitos de autoria intelectual do ataque.
 


2008 - A crise do lixo em Nápoles termina e já não há lixo nas ruas. Segundo Silvio Berlusconi, 35.000 toneladas de lixo foram retiradas da cidade e arredores.
 
2010 - Morre Bernard René Giraudeau (La Rochelle, França, 18 de junho de 1947 - Paris, França, 17 de julho de 2010), aos 63 anos. Foi actor francês, cineasta, escritor e marinheiro que contracenou com Jean Gabin e Alain Delon em "Dois Homens na Cidade" (1973), trabalhando depois com realizadores como Etore Scola, Pinoteau ou Patrice Leconte. Em 26 de abril de 2009 Bernard Giraudeau foi presidente da vigésima terceira cerimónia da Nuit des Molières. Profundamente apegado à Marinha nacional, foi o padrinho da promoção 2010 Frégate Thétis, assim chamada em homenagem a uma plataforma flutuante para embarcações, construida em 1829. Em 4 de novembro de 2009, recebeu o prêmio ‘’Pierre Mac Orlan’’ pelo seu livro Cher Amour, mas não pode assistir a cerimônia por causa do seu estado de saúde.

2014 - Queda de um Boeing 777 da Malaysia Airlines (Voo MH17) com 295 pessoas a bordo, na fronteira da Ucrânia com a Rússia.





 

Texto:
Paulo Nogueira